Yamaha NMAX 125 de 2020 – Uma Scooter compacta e de atitude desportiva

By on 6 Junho, 2020

A Yamaha NMAX 125  foi a resposta da marca dos diapasões à Honda PCX 125, esta última sofreu uma renovação inesperada em 2018 e colocou a fasquia a toda a concorrência ainda mais alta.

Se a Honda PCX é conhecida pela sua suavidade, a ausência de vibrações e autonomia, graças aos baixos consumos e a um depósito de combustível de maior capacidade. A Yamaha NMAX apostou num estilo mais desportivo, com um motor de desempenho superior graças a tecnologia de variação de abertura de válvulas em função da rotação e também mais eficiente pela introdução da tecnologia BlueCore, já conhecida das suas irmãs mais sofisticadas e de maior cilindrada.

A Yamaha NMAX é uma das líderes de mercado no segmento das scooters desportivas compactas, um conceito muito em voga em termos de mobilidade urbana justificado pela sua agilidade e facilidade de condução e também pelos consumos moderados e o preço acessível. A NMAX monta um quadro produzido por uma estrutura tubular em aço, do tipo berço, com reforços estruturais nos tubos centrais, não sendo por isso uma scooter de plataforma plana.

Estilo e Estética

A Yamaha NMAX herda o seu estilo das suas irmãs MAX, de linhas desportivas e angulosas, um modelo compacto de medidas contidas, a permitir uma condução fluida por entre o transito citadino. Uma scooter tecnologicamente evoluída com prestações excepcionais tendo em conta o âmbito da sua utilização, essencialmente urbana.

O seu estilo marcado pelo conceito Urban Mobility da Yamaha  procura a facilidade de deslocações em cidade, a agilidade do conjunto e um motor de consumos moderados com uma resposta adequada para sair sempre na frente em qualquer semáforo.

Motor de tecnologia BlueCore

A Yamaha NMAX estreou-se em 2015 com um motor tecnologicamente avançado que introduziu a tecnologia BlueCore, que concentra uma série de benefícios de forma a reduzir os consumos e a aumentar o rendimento do motor. Tecnologias que passam pela diminuição da fricção entre superfícies e o melhoramento da combustão de gases dentro do cilindro.

Uma das evoluções no motor da NMAX foi a introdução de abertura variável das válvulas, um sistema mecânico apelidado de VVA, que faz variar consoante a rotação do motor a abertura das 4 válvulas, procurando manter sempre o regime ideal em cada momento, permitindo que o motor ganhe mais binário a baixa rotação proporcionando assim uma resposta mais rápida.

O motor da NMAX de 125cc debita uma potência máxima de 12,3 cv às 7.500 rpm e um par máximo de 11,7 Nm às 7,250 rpm.  

Ciclística

Com um quadro do tipo multitubular reforçado, a Yamaha NMAX demonstra uma rigidez acima do normal que garante estabilidade e o equilíbrio geral do conjunto.  As suas suspensões dianteiras têm um curso de 100mm e os dois amortecedores traseiros colocados lateralmente ao motor, proporcionam 90mm de curso. Apesar de não terem qualquer afinação possível a Yamaha apostou por uma regulação de origem com alguma firmeza extra, em linha com o carácter desportivo do modelo e talvez sacrificando um pouco a comodidade do conjunto.

A NMAX apesar de montar rodas de apenas 13” a dimensão dos pneus é superior aos da sua concorrente Honda, com 110/70 na frente e um 130/70 atrás o que lhe confere uma aderência e estabilidade extras em curva.

A travagem da NMAX está assegurada por dois travões de disco de 220 mm ambos assistidos por ABS de dois canais o que confere um extra de segurança e eficiência.

Posição de condução e conforto

A posição de condução é bastante natural , com os pés a chegarem ao chão com facilidade e com umas plataformas generosas para colocação dos pés uma vez em andamento, com espaço suficiente para podermos colocar os pés protegidos do vento e da chuva, quer na frente do painel quer mais recuados. 

O assento pareceu-nos firme mas espaçoso e ergonómico o que é uma mais valia em termos de conforto em trajectos de maior duração.  A proteção aerodinâmica é inexistente, sacrificando-se aqui um pouco ao estilo desportivo da scooter, com um écran baixo que apenas protege a zona do painel de informação e não o condutor.

Os comandos encontram-se todos à mão e são de enorme simplicidade com especial destaque para o acionamento suave do interruptor dos intermitentes.

Comportamento Dinâmico e Velocidade Máxima

A Yamaha NMAX 125 usufrui de um motor tecnologicamente avançado, com variação de abertura de válvulas e tecnologia BlueCore que diminui o atrito e a fricção entre partes, aumentando a sua eficiência e desempenho. A resposta é bastante rápida e imediata quando rodamos o punho, quase a fazer parecer que estamos numa scooter de maior cilindrada. Apesar do binário máximo ser apenas atingido às 7.250 rpm a curva do mesmo é quase “flat” e o sistema VVA de variação de abertura de válvulas segundo a rotação do motor garante eficiência máxima em qualquer regime.

A NMAX em auto-estrada atinge os 110 Km/h fazendo dos 0 aos 90 com alguma facilidade e depois mais lenta a passar os 100 Km/h. Os consumos situam-se nos 2,5 L/100 Kms, em regime misto de pára arranca em cidade e estrada aberta, o que lhe confere uma autonomia de cerca de 250 Kms considerando a capacidade de 6,6 litros do seu depósito de combustível .

Equipamento e Qualidade de fabrico

A nível de equipamento a Yamaha NMAX iclui um painel digital redondo que concentra toda a informação. De boa leitura e contraste inclui Kms totais e 2 parciais, Conta Kms e Conta Rotações, Nível de combustível e Kms para mudança de óleo e substituição de correia de transmissão. Informação muito completa que inclui uma série de luzes avisadoreas ao redor do painel central.

Em termos de iluminação a NMAX inclui faróis dianteiros e traseiros de tecnologia LED embora os intermitentes sejam ainda de lâmpada tradicional.

O espaço debaixo do assento não é referência no segmento, embora caiba um capacete integral que deverá ser colocado numa posição invertida. o que representa um risco em termos de deterioro da superfície do mesmo uma vez que o interior do compartimento não é forrado. Adicionalmente encontramos um compartimento no painel frontal, compartimento de dimensão generosa mas aberto pelo que não poderemos aí deixar qualquer objecto.

A ignição conta com um sistema de segurança magnético que encerra o acesso á mesma com uma pequena tampa metálica, tampa que para ser aberta deveremos utilizar um perfil magnético que se encontra no topo da chave da ignição, fazendo-a rodar no sentido dos ponteiros do relógio.

A qualidade dos materiais é acima da média e de acordo com o preço e o posicionamento do modelo no seu segmento assim como da imagem de prestígio da própria marca. A NMAX está disponível em 3 cores, Cinza Mate, Azul Phanthom e Branco Milky ( a versão ensaiada ).

Preço e Concorrência

A Yamaha NMAX situa-se no segmento das Scooters GT, desportivas e compactas, especialmente concebidas para circular de forma ágil e rápida em ambiente urbano. A sua mais directa concorrente é obviamente a Honda PCX 125,  quer pelo ranking de vendas quer pelo próprio posicionamento instituído pela marca face à sua concorrência de mercado.

A Yamaha NMAX 125 e a Honda PCX 125 são dois modelos que pelas suas características e desempenho que se assemelham bastante e que ocupam um lugar único no segmento das scooters GTs Compactas. Assim pois também no preço se assemelham sendo que a Yamaha NMAX tem um PVP de 2.995 eur e a Honda PCX de  3.125 eur. Ambas têm porém campanhas a decorrer pelo que as vantagens de cada uma podem ser alteradas na avaliação que num momento determinado qualquer interessado poderá realizar.

  • YAMAHA NMAX 125 / Ficha Técnica
  • Peso:                          127 Kgs
  • Potencia:                   12.24 cv @ 7.500 rpm
  • Binário:                     11.7 Nm @ 7.250 rpm
  • Cilindrada:               125 cc
  • Altura asiento:        765 mm
  • Depósito:                  6,6 Litros
  • Cores:                        Cinza Mate, Azul Phantom e Branco Milky

Ficha Técnica Completa AQUI

CONCORRÊNCIA

Honda PCX 125   125cc / 12,1 cv /  130 Kg /  3.125 eur

Kymco Agility City Evolution  125cc /  9 cv / 131 Kg / 2.299 eur

Piaggio Medley 125 ABS   125cc / 12,2 cv /  132 Kg /  3.614 eur

SYM Jet 14 LC ABS   125cc / 11,3 cv /  128Kg /  2.699 eur

Galeria de Imagens YAMAHA NMAX 125

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!