24º Portugal de Lés-a-Lés: Abertas as incrições online para a grande aventura

By on 22 Março, 2022

As incrições online para o Portugal de Lés-a-Lés estão abertas desde ontem (21 de março). De Faro a Bragança, a grande aventura mototurística prossegue por mais um ano, desta vez com o percurso traçado principalmente na bela e desabitada zona raiana.

Estão oficialmente abertas as inscrições online para o 24º Portugal de Lés-a-Lés 2022. Todos os interessados em participar nesta grande aventura mototuristica já podem inscrever-se através do endereço www.fmp.pt

As inscrições são limitadas e fecham a 15 de maio ou antes, caso se esgotem como em anos anteriores. Para esclarecimento de dúvidas recomendamos a consulta do regulamento do 24 Lés-a-Lés também ele disponível na secção Lés-a-Lés do mesmo site.

Descarregue

NOTA IMPORTANTE PARA INSCRIÇÃO DE GRUPOS / SAIDA EM CONJUNTO:

OPÇÃO 1 – Selecionar o tipo de inscrição “nova inscrição”:

Reunir os dados dos elementos do grupo a inscrever, preencher os dados da moto 1, clicar em “adicionar moto” para preencher os dados da moto 2 e assim sucessivamente para as restantes motos do grupo. A saída do grupo será feita aos pares Moto 1 e 2, Moto 3 e 4, etc.

OPÇÃO 2 – Selecionar o tipo de inscrição “Juntar a uma inscrição existente”:

Se pretende sair em conjunto com um participante ou grupo já inscrito. Atenção, esta opção irá atrasar a saída do participante ou grupo já inscrito – explicação no ponto 4 do regulamento.

O PERCURSO DE FARO A BRAGANÇA

No ano em que regressa à quase desabitada zona raiana, garantia de uma edição sem trânsito, por paisagens muitas vezes inóspitas, de perfil quase intimista, o 24º Portugal de Lés-a-Lés reforça o estatuto de grande aventura de descoberta nacional, chegando aos mais remotos pontos do mapa lusitano e passando mesmo para lá da fronteira.

De 9 a 12 de junho, quando cerca de 2000 mototuristas ligarão Faro a Bragança, com paragens em Castelo de Vide e Covilhã, e que antecedeu as primeiras inscrições na maratona gizada pela Comissão de Mototurismo da FMP. Altura ideal para todos os gostam de garantir um lugar na parte inicial da grande caravana, que, depois de um Passeio de Abertura de 45 quilómetros, no dia 9 de junho, entre o Centro Histórico, as praias e outros pontos históricos e paisagísticos do concelho farense, deverão cumprir longa tirada, de 460 quilómetros, até Castelo de Vide.

No Dia de Camões, de Portugal e das Comunidades Portuguesas, tempo para os verdadeiros apreciadores da natureza mas também para os mais dados à História, variando entre os muitos menires e a curiosa igreja acastelada de Terena, a visão da albufeira do Alqueva com invejável nível de água ou as marmoreiras que sustentam a força económica da região. Dia também para várias idas a Espanha, uma delas com direito a passagem pela Ponte Internacional do Marco que, ao contrário do que o nome deixa antever, é tão pequena que apenas é possível passar uma moto de cada vez. Mais desafogadas as estradas na Serra de São Mamede, rumo à “Sintra do Alentejo” onde, em Dia de Portugal, será possível visitar a recém-inaugurada Casa de Cidadania Salgueiro Maia.

No terceiro dia, mais uma etapa longa, de 390 quilómetros, da Covilhã a Bragança, com regresso ao concelho de Miranda do Douro mais de duas décadas depois da última visita. Depois da passagem em Almeida, Castelo Mendo ou Mogadouro, vislumbre do Douro Internacional nos miradouros de Freixiosa, S. João das Arribas e Penha das Torres, em jornada rematada pela passagem em mais pontes romanas e outros pontos de significado histórico sempre com soberba envolvente paisagística.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments