A exclusiva Arc Vector está finalmente pronta

By on 5 Janeiro, 2022

A moto eléctrica Arc Vector está agora pronta para ser entregue aos clientes, mais de dois anos depois de uma mudança de administração em 2019, que praticamente fez parar o fabricante britânico deixando potenciais clientes desesperados.

Imagine pagar mais de 100.000 euros por uma moto eléctrica, e o fabricante ficar parado por um longo período, devido a motivos de administração. Foi esse o caso da Arc, uma empresa de motos eléctricos que praticamente parou todos os seus serviços em Setembro de 2019, depois de não ter cumprido as suas promessas. Entretanto, a Arc tinha colocado todo o dinheiro investido no projecto Arc Vector, mas uma mudança de administração deixou a moto de alta tecnologia em fila de espera.

Após dois anos, a empresa está de volta depois de ter completado a uma reviravolta, graças ao CEO e designer, Mark Truman. Truman também revelou que a Arc Vector está de volta ao bom caminho, com entregas das primeira motos em breve. “Temos um livro de encomendas muito saudável, e os clientes já estão a passar pela nossa nova sede no centro de Inglaterra, para adaptar individualmente cada moto Vector de modo a que todas elas sejam únicas”, disse.

Apesar da incerteza que gerou, a Arc Vector é uma moto extraordinária, não só pela sua aparência, mas também pela mecânica por detrás dela. Toda a moto é feita inteiramente de fibra de carbono e apresenta uma suspensão de braço oscilante dianteiro, com o sistema de direção ligado diretamente ao cubo da roda – permitindo esta disposição que a bateria de 16,8kW se torne o membro estrutural da motocicleta.

Sob as suas vestes de pseudo cafe racer, encontra-se um motor eléctrico com uma potência de 95kW (127 cv) que pode levar a moto até uma velocidade máxima limitada de 200km/h. Segundo a Arc, a Vector tem um alcance de até 320 km a plena carga, o que é um valor a ter em conta em termos de autonomia.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments