As primeiras Aprilia RSV4 X começaram a ser entregues esta semana

By on 6 Setembro, 2019

As primeiras unidades que celebram este extraordinário projecto, depois de Max Biaggi ter rodado nas mesmas em Mugello, começam a ser entregues aos seus afortunados proprietários.

Com 225 Kg e apenas 165 Kg de peso a Aprilia RSV4 X é uma das motos mais leves e mais potentes de todos os tempos, sendo a primeira desportiva a montar caixa com o ponto morto por baixo da 1ª velocidade e pinças Brembo GP4-MS de alta competição.

Expoente máximo da marca de Noale, a Aprilia RSV4 X é o modelo mais desportivo da já conhecida RSV4. Esta nova versão foi exclusivamente produzida para ser utilizada em circuito e numa edição limitada a apenas 10 unidades, para comemorar precisamente os seus 10 anos de existência.

Há uns meses atrás quando a Aprilia abriu as inscrições para os pedidos em menos de 2 horas as 10 Aprilias RSV4 X foram vendidas por um preço equivalente à sua excluvidade, 40.000 euros. Esta semana as primeiras unidades começaram a ser entregues. Max Biaggi e Andrea Iannone foram dois dos 10 afortunados.

A Aprilia RSV4 X inclui uma série de componentes de altíssima sofisticação tecnológica nomeadamente:

  • Escape completo Akrapovic Aprilia Racing com ponteira em carbono
  • ECU especialmente dedicada a utilização em pista, programada com uma série de mapas racing
  • Vários componentes em carbono nomeadamente as carenagens, os guarda-lamas, a baquet… uma contribuição absolutamente b+necessária para a minimização do peso da moto e a imagem exclusiva da mesma.
  • Travões dianteiros ventilados para redução da temperatura em travagens numa utilização desportiva
  • Caixa invertida de competição com o ponto morto no lugar da primeira.
  • Manetes de competição em alumínio .
  • Local de colocação do suporte de matrícula tapado com uma chapa de alumínio cortada a laser.
  • Tampas em polyethyleno colocadas nos suportes dos espelhos retrovisores.

A Aprilia RSV4 X faz parte do programa Factory Works lançado pela Aprilia Racing, e herda toda a tecnologia desenvolvida para a Aprilia RSV4, uma moto que foi por 7 vezes campeã do mundo de Superbikes, permitindo a aqueles que pretendam competir ao mais alto nível em campeonatos de motos de produção ter uma moto especialmente preparada de fábrica para o efeito mas infelizmente limitada a 10 unidades.

 

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!