Aventura: Travessia do Estreito de Messina anulada pela ondulação

By on 2 Junho, 2021

Nada a fazer para Luca Colombo, um ‘motard’ de Milão, que com uma Honda CRF 450R tentou estabelecer um novo recorde: viajar 3,2 km por água, da Sicília à Calábria, cruzando o Estreito de Messina.

Com apenas 500 metros percorridos, uma série de ondas fechadas causadas por dois navios de carga comprometeram o recorde do aventureiro italiano.  Depois de um excelente começo, Luca Colombo encontrou problemas aos 500 metros da travessia quando uma série de ondas em série – também adicionadas à forte corrente – fizeram com que, repetidamente, a roda traseira da CRF 450R fornecida pela Red Moto Desio saísse da água.

Este foi o problema que impediu Luca Colombo de continuar a travessia, com a moto em pouco tempo ficou submerso na água do mar apesar do balão auto insuflável.

“Desconhecia a presença de ondas provocadas por dois cargueiros que haviam passado vinte minutos antes”, comentou o aventureiro milanês.

“A entrada na água foi fácil, coloquei a terceira e depois a quarta marcha, e estava tudo bem até que encontrei esta série de ondas que não dava para ver da costa. Passei a primeira, mas uma outra onda a seguir diminuiu a velocidade da moto, até ficar parado.”

UM DESAFIO A REPETIR

Na verdade, para cruzar o estreito de Messina, a Honda CRF 450R de Luca teria que manter uma velocidade constante, sem nunca cair abaixo dos 30 nós (55,6 km / h) de velocidade. Aspecto fundamental para evitar que o veículo afunde.

“ Na vida às vezes ganhamos, outras vezes aprendemos […] continuou. Não estou desanimado e sinto uma grande vontade de tentar de novo, esta aventura não acaba aqui ”.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x