EICMA 2021, MV Agusta: Lucky Explorer Project 9.5, o regresso à aventura

By on 24 Novembro, 2021

Proprietária da marca Cagiva, a MV Agusta não escondeu o desejo de reviver a ilustre trail Elefant, que marcou o apogeu do Paris-Dakar com as cores Lucky Explorer. Na semana passada, o construtor de Varese lançou o Projeto Lucky Explorer e  prometeu novidades para o EICMA. E elas aqui estão.

Por enquanto ainda na forma de protótipos em fase de produção, a Lucky Explorer Project 9.5, que por enquanto não é designado como Cagiva Elefant 950 , representa a futura adventure premium do fabricante transalpino.

O protótipo é claramente inspirado no ancestral Elefant com uma estatura muito orientada para off-road com um imponente depósito de 20 litros, várias proteções de motor e das pinças do travão dianteiro, uma tela alta, proteções de mãos, um silenciador em posição elevada, proteções nas entradas de ar …

O farol duplo tem um design muito diferente do observado na 5.5, com um estilo bastante mais agressivo. A instrumentação moderna é baseada na grande tela TFT colorida de 7 polegadas. Mas é acima de tudo a parte técnica que mais se destaca, especialmente o motor MV Agusta de três cilindros. Desenvolvido com base no três cilindros em linha de 800 cc da marca de Varese apresenta 930,6 cc de cilindrada, mas sem alterar as dimensões do motor 800 – maior cilindrada, mas de formato idêntico portanto. Cabeças de cilindro, virabrequim em contra-rotação, pistões forjados … as modificações internas são vastas.

No lado do desempenho, tem uma taxa de compressão de 12,5: 1. Pesa apenas 57 kg e oferece 123 cavalos de potência às 10.000 rpm e 102 Nm a 7.000 rpm. A moto estará  disponível em duas versões, com embraiagem clássica ou com caixa automática Rekluse.

O motor está acoplado numa estrutura de berço de aço duplo que está associada a uma parte muito típica off-road, como as suspensões de curso longo com ajuste eletrónico. Isso ocorre porque o garfo invertido Sachs e o amortecedor Sachs acoplado ao braço oscilante de alumínio são semi-ativos. A roda dianteira com raios de 21 polegadas possui discos duplos de 320 mm e pinças radiais Brembo Stylema, enquanto a traseira de 18 polegadas suporta um único disco de 265 mm e pinça de dois pistão, todos auxiliados por um Continental MK100 ABS com função de curva. As jantes estão equipadas com pneus todo-o-terreno.

Com um assento ajustável entre 850 e 870 mm, a 9.5 tem uma boa distância ao solo de 230 mm e foi anunciada com 220 kg a seco.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments