EICMA 2021: RQi Sport, a primeira moto elétrica da Niu

By on 29 Novembro, 2021

Tendo chegado já há algum tempo ao mercado com as suas scooters elétricas urbanas e muito acessíveis, o fabricante chinês Niu aproveitou o CES em Las Vegas em 2020 para anunciar o  lançamento da sua moto elétrica. Infelizmente, a situação internacional devido ao Covid19 não ajudou e o projeto teve de ser adiado para 2022.

A promessa foi em todo o caso cumprida pela marca, que aproveitou o EICMA em Milão para apresentar essa sua primeira moto elétrica que aqui revelamos. A RQi Sport é uma elétrica equivalente a uma 125cc térmica. Mantém o design moderno visto no conceito original e que se mantém fiel ao estilo das scooters Niu , mesmo no formato do braço oscilante.

A RQi é movida por um motor elétrico de 5 kW e que atinge uma potência máxima de 7,5 kW. A velocidade máxima anunciada de 100 km/h e o motor está alojado na parte inferior da moto, associado a uma transmissão por corrente. Algo menos habitual é a bateria removível (dois packs de 72V 36Ah) que permitem até 120 km de autonomia. Cada bateria de íon de lítio ainda pesa 25 kg e levará 7 horas para recarregar as duas baterias simultaneamente.

O protótipo RQi “GT” foi apresentado como capaz de desenvolver 40 cavalos e com uma velocidade máxima de 161 km/h.

A Niu RQi Sport vai chegar ao mercado em três cores (vermelho, cinza e verde) e estará disponível a partir de 1 de julho de 2022. O preço estimado é de 6.999 euros e terá direito ao bónus ecológico em vários países europeus.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments