Harley-Davidson 338R mais perto da produção

By on 24 Março, 2022

Um pedido de aprovação apresentado pela Qianjiang nos EUA, aponta para uma moto bicilíndrica paralela de 353cc que corresponde ao VIN das motos Milwaukee. Será a pequena Harley que se espera?

Em junho de 2019, então em plena reviravolta estratégica, a Harley-Davidson anunciou o estabelecimento de uma parceria com a Qianjiang para produzir uma moto de pequena cilindrada, destinada a conquistar os mercados asiáticos a partir do final de 2020.

Seguiu-se uma mudança de gestão do fabricante, o retorno a uma estratégia mais clássica, depois a pandemia, o conflito comercial com a Europa, o anúncio de uma nova parceria com a indiana HeroMotocorp …

Resultado, um ano e meio após o lançamento planeado desta pequena Harley-Davidson chinesa, não se viu nada da moto. Mas, seguindo os rumores e pistas espalhadas aqui e ali, o projeto ainda parece estar em andamento e o lançamento da 338R será, talvez apenas uma questão de tempo.

Observando ao pormenor os documentos recentemente apresentados pela Qianjiang às autoridades americanas para ter vários novos modelos aprovados nos Estados Unidos, para as suas marcas QJ Motors e Benelli, podem-se descobrir algumas coisas.

Decifrando os códigos de identificação VIN de acordo com a codificação atribuída a cada caractere, percebeu-se então que a Qianjiang solicitou aprovação para uma moto com cilindrada média entre 351 e 900 cc, ou mais precisamente para uma moto movida por um motor de dois cilindros paralelos e 353 cc, refrigerado a líquido e com injeção eletrónica de combustível.

Além dessas correspondências com a potencial pequena Harley, parece que o código usado não segue o padrão clássico de Qiangjiang e está mais próximo do da Harley-Davidson. Em suma, todos os sinais apontam agora na mesma direção e parece que a chegada da 338R está por um fio, pelo menos para o mercado americano. Será também o caso da Europa?

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments