Honda Forza 125 – Renovação da scooter 125 mais desportiva da marca

By on 31 Maio, 2018

A Honda Forza 125 foi concebida especificamente para o exigente cliente europeu, que prefere uma scooter da qual possa retirar o máximo partido em termos de condução, estilo, presença, performances e especificações. E, desde a sua introdução em 2015, a Forza tem excedido todas as expectativas, evoluindo ano após ano graças ao feedback dos clientes e já contando com mais de 30.000 unidades vendidas até à data.

2018 Honda Forza 125

Logo à partida, as especificações de série da Forza 125 são muito completas, misturando uma agilidade estonteante no trânsito com dimensões muito compactas – numa agilidade abrangente que permite viagens mais longas nas vias rápidas para as deslocações casa-trabalho-casa, também graças às performances do seu motor, à fantástica protecção contra o vento e ao excelente conforto. Este modelo combina o conforto de uma scooter GT (Grand Touring) com uma atitude mais desportiva e uma maneabilidade muito ágil, oferecendo bastante espaço de arrumação, uma diversidade de detalhes premium, inovação tecnológica e alta qualidade de construção da Honda.

2018 Honda Forza 125

Clássica, ágil e obviamente aproveitando o sucesso da Forza 125 anterior, este modelo é uma evolução para 2018, mantendo a sua curva evolutiva acentuada, com linhas novas e frescas, e diversas actualizações que visam melhorar ainda mais o conforto a bordo.

Os principais ingredientes do sucesso da Forza 125 não foram alterados para 2018: um motor de 4 válvulas, que combina performances líderes-da-classe e uma autonomia de 490 km por cada depósito de combustível, um chassis de baixo peso, que equilibra estabilidade a alta velocidade e capacidades de manobra em cidade e especificações muito completas, que incluem luzes de LEDs, sistema de chave Smart Key, capacidade para arrumar dois capacetes e conforto envolvente e abrangente para dois.

2018 Honda Forza 125

Mas este modelo conta também com novas adições nesta renovação. O nível das especificações e dos equipamentos atinge um outro nível mais elevado: o novo pára-brisas eléctrico permite uma regulação ininterrupta com protecção contra o vento e uma visão desimpedida para frente; o novo painel de instrumentos apresenta todas as informações em formato digital, como complemento dos mostradores analógicos. Agora, os piscas de direcção são de LEDs, o espaço por baixo do banco aumentou 5,5 litros e a Smart Key também permite abrir e fechar a top case opcional de 45 litros.

A juntar a toda a estética muito atraente da Forza, temos também um novo nível de sofisticação. Originalmente concebida pelo mesmo estilista responsável pela excelente NM4 Vultus, as suas linhas mantêm-se arrojadas e cativantes, mas agora oferecem uma atracção ainda mais moderna, se bem que ligeiramente mais suave e mais madura.

 

Equipamento e estilo 

2018 Honda Forza 125

Pára-brisas eléctrico controlado pelo punho esquerdo

Painel de instrumentos revisto, oferece uma mistura de informação em formato analógico e digital

Farol e farolins de LEDs complementados por piscas também de LEDs

O sistema Smart Key também inclui a abertura e o fecho da top case opcional de 45 litros

Linhas novas e redesenhadas destacam o carácter premium

O design renovado e fluido da Forza 125 começa logo no novo pára-brisas eléctrico, que oferece 140 mm de regulação; este elemento foi concebido para oferecer excelente protecção contra o vento (os fluxos aerodinâmicos passam à volta e por cima da cabeça do condutor) e também para reduzir o ruído do vento. Este sistema permite alterar instantaneamente a posição do pára-brisas para maior estabilidade e conforto na condução a alta velocidade – e para grandes distâncias; na sua posição mais baixa, o pára-brisas oferece uma maior liberdade e, basta accionar o interruptor no punho esquerdo para o mover ao longo do seu curso de 140 mm.

A largura do guiador manteve-se nos 754 mm, tal como a altura dos espelhos retrovisores, com 1.125 mm, as dimensões perfeitas para passar no meio do trânsito congestionado das ruas da cidade – um dos pontos de desenvolvimento já na Forza 125 de 2017 foi o aumento da altura dos espelhos para evitar conflitos com os espelhos dos carros. A altura do banco não foi alterada, mantendo-se nos 780 mm e oferece bastante espaço pra dois; a posição de condução é confortável e segura. Os piscas dianteiros e traseiros são agora de LEDs e complementam o farol à frente e o farolim atrás.

2018 Honda Forza 125

O espaço debaixo do banco, queviu o espaço de carga aumentado de 48 litros para 53,5 tem capacidade para dois capacetes integrais e pode ser dividido para levar um só capacete e/ou o equipamento de chuva e pastas de tamanho A4. O compartimento da carenagem à frente do lado esquerdo tem tampa com tranca e o seu espaço pode ser arranjado segundo as conveniências do condutor, por exemplo: para levar um telemóvel ou uma garrafa de água. Também podemos encontrar aqui uma tomada de 12 V para acessórios.

O sistema Smart Key da Forza 125 – para além de controlar o botão da ignição e o fecho do compartimento – agora também comanda a top case opcional amovível de 45 litros, uma novidade numa scooter Honda. Com a Smart Key no bolso do condutor, a top case tranca automaticamente quando o condutor se afasta. A top case também pode ser trancada com a chave. O interruptor da top case está no fundo e, para manter o volume interno da top case, o mecanismo actuador está localizado na parte de trás da moto.

2018 Honda Forza 125

O painel de instrumentos foi revisto e possui um velocímetro e um conta-rotações, ambos analógicos, flanqueando o mostrador digital com 3 modos de funcionamento (controlado por um interruptor no punho esquerdo): conta-quilómetros totalizador, autonomia restante e consumo actual; conta-quilómetros parcial, consumo médio e cronómetro; ou temperatura ambiente e sensor da bateria.

As linhas de design incisivas da Forza e a sua presença contemporânea têm uma grande quota-parte do sucesso deste modelo, desde o seu lançamento no ano de 2015. Agora para 2018, este modelo foi substancialmente redesenhado. Apesar de as linhas de design continuarem a ser arrojadas e inconfundivelmente pertencerem à Forza 125, cada painel foi revisto no sentido de dar à scooter uma aparência ligeiramente mais suave e mais madura, com uma frente que se sente mais robusta e linhas de design ligeiramente mais suaves. Outros pontos de realce do novo “look”, são os pontos de assinatura pretos da frente e das carenagens laterais, para além do carácter desportivo mais acentuado.

 

A Forza 125 vai estar disponível nos esquemas cromáticos seguintes:

 

Motor

Motor de quatro válvulas com tecnologias eSP da Honda e sistema Idling Stop de paragem do motor ao ralenti

Potente e eficiente em toda a faixa de rotação

Os consumos são de 2,34 l/100 km (42,7 km/l) para uma autonomia de cerca de 500 km por cada depósito de combustível

2018 Honda Forza 125

O motor SOHC de quatro válvulas e refrigeração líquida da Forza 125 debita uma potência de 11 kW às 8.750 rpm e 12,5 N·m de binário às 8.250 rpm. O diâmetro e o curso são de 52,4 x 57,9 mm e a relação de compressão é de 11,5: 1.

Quando parada, a Forza 125 acelera muito forte, fazendo apenas 13,4 s dos 0 aos 200 m; as respostas a média rotação são excelentes, com excelente acção às acelerações na gama de velocidades típica de uma utilização em cidade (40-60 km). Sem grande esforço, a Forza é capaz de uma velocidade de cruzeiro na ordem dos 90 km/h, para uma velocidade máxima de 108 km/h.

O motor está repleto de tecnologias de baixo atrito eSP da Honda; a disposição inteligente dos elementos, por exemplo, a bomba de óleo (incorporada no bloco) ajuda à eficiência geral. A câmara de combustão é compacta e o sistema de injecção PGM-FI – com caixa do filtro do ar de 4,7 litros de capacidade e a conduta de admissão de 28 mm – optimiza a combustão e o arrefecimento do motor.

O cilindro é descentrado, algo que também contribui para a redução do atrito entre o pistão e a parede do cilindro, transmitindo as forças da combustão de forma muito mais eficiente. A camisa “espinhada” de ferro fundido – com micro-extensões na superfície – controla a distorção no diâmetro interior do cilindro. Este design baixa a tensão nos segmentos e reduz o atrito.

O radiador compacto e de alta eficácia – integrado na parte exterior do lado direito do bloco do motor – usa uma ventoinha pequena e de baixo peso, reduzindo ainda mais as perdas por atrito e os consumos de energia. A resistência ao rolamento dentro da caixa foi reduzida pela utilização de três rolamentos principais de baixo atrito, todos desenhados para suportarem as suas cargas individuais. A polia primária tem design de alhetas que baixa a resistência ao ar e a polia secundária reduz a pressão sobre a correia de transmissão, cortando ainda mais as perdas na transmissão de potência.

O alternador e o motor de arranque são uma só unidade sem escovas e de controlo electrónico; este componente integrado está montado directamente na extremidade da cambota, servindo estes dois propósitos: carregar a bateria e colocar o motor a trabalhar. Para esta última função, o accionamento é directo, eliminando-se assim ruídos com o engrenamento de dentes carretos.

O sistema Idling Stop pára automaticamente o motor após três segundos de funcionamento ao ralenti com a scooter parada e os travões aplicados; quando se roda o punho do acelerador, o motor arranca outra vez. A sua utilização é muito suave e fácil, graças ao alternador/motor de arranque e ao mecanismo de retorno da cambota que a recoloca na posição de ponto-morto superior antes da admissão e ao mecanismo de descompressão que anula a resistência ao arranque provocada pela própria compressão do motor. Este sistema também consegue “ler” o estado de carga da bateria e desactiva-se automaticamente para evitar descarregá-la em demasia. A bateria é uma unidade YTZ8V de longa duração.

Um dos objectivos originais da Forza 125 é que os reabastecimentos sejam apenas realizados uma vez por semana, para uma utilização normal; a economia do motor eSP oferece quase 500 km de autonomia por cada depósito de 11,5 litros de combustível, graças aos seus reduzidos consumos de apenas 2,34 l/100 km (42,7 km/l) (em modo WMTC).

 

Ciclistica

Quadro em aço, forquilha telescópica de 33 mm e amortecedores duplos atrás com regulação da pré-carga

Apenas 161 kg em ordem de marcha, um peso reduzido que aumenta a agilidade e a facilidade de utilização

Jantes de alumínio fundido, com travões de disco à frente e atrás, e ABS

2018 Honda Forza 125

O quadro em tubos de aço que compõe a “espinha dorsal” da Forza 125 oferece toda a rigidez e robustez necessárias para a enorme diversidade de condições onde este modelo mais será usado. A forquilha robusta de 33 mm é complementada pelos dois amortecedores traseiros – com 7 níveis de afinação da pré-carga da mola – montados num braço oscilante de 1 só peça em alumínio.

O baixo peso da Forza 125, apenas 161 kg, torna-a fácil de levar à mão, sendo uma scooter extremamente fácil de estacionar. Os 1.490 mm de distância entre eixos oferecem estabilidade e a geometria do quadro – 26.5° de inclinação da coluna de direcção e 89 mm de eixo de arraste (trail) – providencia uma direcção muito ágil.

A jante dianteira de 15 polegadas em alumínio fundido tem montado um pneu 120/70-15 56P e a jante traseira de 14 polegadas monta um pneu 140/70-14 68P, oferecendo o máximo conforto e tracção. A travagem dianteira fica a cargo de um único disco de 256 mm, complementado atrás também por um disco, neste caso de 240 mm e ambos com ABS de dois canais para maior segurança nas superfícies escorregadias.

 

 

Acessórios

 Está disponível toda uma gama completa de acessórios para a Forza 125. Estes incluem:

Top case opcional de 45 litros compatível com o sistema Smart Key

Porta-bagagens traseiro (instalação directa)

Bolsas interiores

Punhos aquecidos

Alarme

2018 Honda Forza 125

A Forza 125 terá disponível a seguinte lista de acessórios genuínos Honda:

Porta-bagagens traseiro

Top case de 35 L à cor da moto

Kit de punhos aquecidos

Aplicações cosméticas à cor da moto

Saco interior

Kit de alarme

Capa de exterior

Cadeado em U

2018 Honda Forza 125

Especificações técnicas

MOTOR

Tipo Monocilíndrico a 4 tempos, 4 válvulas, SOHC, com refrigeração líquida

Cilindrada 125 cm³

Diâmetro e curso 52,4 x 57,9 mm

Relação de compressão 11:5: 1

Potência máxima 15 cv (11 kW)/8.500 rpm

Binário máximo 12,5 Nm/8.250 rpm

Capacidade de óleo 0,9 Litros

SISTEMA DE COMBUSTÍVEL

Alimentação Pgm-FI Injecção electrónica de combustível

Filtro-de-ar Tipo viscoso em filtro de papel

Depósito do combustível 11,5 Litros

Consumo de combustível 2,3 Litros / 100km (método WMTC*)

SISTEMA ELÉCTRICO

Arranque Eléctrico

Bateria 12V-7AH Sem Manutenção

Alternador 232 W

TRANSMISSÃO

Embraiagem Automática, centrifuga, tipo seca

Tipo da transmissão V-Matic

QUADRO

Tipo Tubular em aço

CICLÍSTICA

Dimensões (CxLxA) 2.140 x 755 x 1.470 mm

Distância entre eixos 1.490 mm

Ângulo da coluna direcção 26° 5′

Trail 89 mm

Altura mínima do assento 780 mm

Altura mínima ao solo 145 mm

Peso em ordem de marcha 162 kg (ABS)

SUSPENSÃO

Tipo Dianteira Forquilha telescópica de 33mm,

Traseira Duplo amortecedor

RODAS

Tipo Dianteira Liga de alumínio fundido

Traseira Liga de alumínio fundido

Dimensão das jantes Dianteira 15M/C x MT3.50

Traseira 14M/C x MT4.00

Dimensão dos pneus Dianteiro 120/70-15 56P

Traseiro 140/70-14 68P

TRAVÕES

Tipo Dianteira Disco de 256mm

Traseiro Disco 240mm

EQUIPAMENTO

Luzes LED’s

 

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!