NOVA FAT BOY 3OTH ANNIVERSARY PRESTA HOMENAGEM A UM ÍCONE

By on 4 Fevereiro, 2020

MILWAUKEE (3 de fevereiro de 2020) – A Harley-Davidson presta homenagem a um ícone com a Fat Boy® 30th Anniversary, envolta em acabamentos dark com destaques em bronze e alimentada por um motor Milwaukee-Eight® 114 blacked-out. A produção da Fat Boy® 30th Anniversary será limitada a 2.500 exemplares, cada uma apresentará uma placa do número de série na consola do depósito de combustível.

“A Fat Boy teve por base a aparência, proporções e silhueta de um Hydra Glide de 1949 e modernizou-a completamente para uma nova geração de motociclistas”, explica Brad Richards, Harley-Davidson Vice President of Styling and Design. “Esses motociclistas apreciaram o nosso DNA de design pós-guerra, mas também se sentiram atraídos pela simplicidade do design industrial contemporâneo. Cada um desses elementos foi capturado na nova versão de 2018 do modelo Fat Boy. Para este modelo de edição limitada do 30o aniversário, queríamos criar algo muito especial, então inclinámo-nos para a popularidade dos acabamentos “darker” e uma estratégia de série limitada para tornar a moto verdadeiramente única e exclusiva”.

Fat Boy® 30th Anniversary

HyperFocal: 0

A Fat Boy® 30th Anniversary comemora o legado de três décadas do modelo original com uma reinterpretação ousada executada em acabamentos dark combinada com uma opção de cor única, Vivid Black. As jantes Lakester em alumínio fundido têm acabamento em preto acetinado com destaques maquinados. O motor Milwaukee-Eight 114 apresenta tampas de motor em preto brilhante e lower rocker covers e timer cover script em tom de bronze. O acabamento do escape em Black Onyx, revela o cromado subjacente sob luz brilhante.

Uma “nacelle” de farol, guiador e controles Vivid Black completam o look dark que é distinto do modelo de produção regular. Um novo logotipo em tom bronze no tanque da Fat Boy complementa o acabamento em preto e outros detalhes em bronze que diferenciam a Fat Boy de Edição Limitada do modelo de produção regular. Com base na plataforma Harley-Davidson Softail lançada em 2018, a Fat Boy redefine um ícone com poder e presença. Todo o front-end da Fat Boy é enorme e apresenta um farol LED numa nova “nacelle” ( caixa metálica que envolve o farol ). As jantes de disco de alumínio Lakester atualizam o estilo Fat Boy. O pneu dianteiro de 160 mm é equilibrado por um pneu traseiro de 240 mm que oferece um look “factory custom”.

HyperFocal: 0

O quadro e a suspensão Softail combinam-se para formar um chassis rígido e leve, para agilidade e desempenho que excederão as expectativas dos condutores mais exigentes. A suspensão traseira mono-choque preserva as linhas “hard tail” do chassis Softail e coloca um único amortecedor “coil- over” por baixo do assento no ângulo ideal para uma condução suave e excelente manuseio. O ajuste de pré-carga hidráulica é realizado simplesmente girando um botão localizado abaixo do assento, facilitando a adequação da condução e o manuseio de acordo com o peso do condutor.

O motor Milwaukee-Eight 114 V-Twin, a mais poderosa opção de motor Softail, oferece grande desempenho e o clássico look-sound-feel da Harley-Davidson. O motor de montagem rígida aprimora ainda mais a rigidez do chassis.

O Preço base da Fat Boy® 30th Anniversary é 26,500 €.

Nascimento de um ícone

HyperFocal: 0

Introduzido em 1989 como um modelo de 1990, A Fat Boy original foi projetada pelos lendários Willie G. Davidson e Louie Netz, e combinou um look fresco e contemporâneo com sugestões de estilo clássicas da Harley-Davidson. Para obter um look “milled from billet” a moto apresentava acabamentos monocromáticos Fine Silver Metallic e jantes de disco de alumínio – a traseira exposta pelo chassis Softail – que se tornaria a característica mais vincada da Fat Boy. O look era robusto para a época, desde o pneu dianteiro “Fat” coberto com um para-lamas cortado até ao guiador largo e um farol de sete polegadas numa grande “nacelle” cromada FL-Style. Davidson projetou o logotipo “winged” do depósito, que tem sido uma característica duradoura do modelo Fat Boy.

Em 1991, a Fat Boy da Harley-Davidson entrou na cultura popular com a sua aparição no filme “Terminator 2: Judgement Day”, em que o ator Arnold Schwarzenegger conduz uma Fat Boy por Los Angeles numa cena dramática de perseguição. O filme foi um sucesso global, ajudando a consolidar o modelo Fat Boy como um representante icónico da Harley-Davidson em muitos mercados, especialmente na Europa.

Sobre o nome

Somente a Harley-Davidson teria confiança para batizar uma moto como Fat Boy. Eis como aconteceu, de acordo com um relato de Willie G. Davidson no seu livro “100 Years of Harley- Davidson”:

Provavelmente está a perguntar-se como chegámos a um nome como “Fat Boy”, e ouvi muitas histórias sobre isso, quase todas falsas. Aqui está a história real: é difícil criar nomes que serão populares. Temos sempre que nos perguntar: “Como é que a vão chamar na rua?” E trabalhar a partir daí. Estávamos a procurar algo incomum e talvez até um pouco irreverente. Para mim e para muitas outras pessoas que a viram, a moto tinha um look “Fat”. Então, o pessoal do marketing surgiu com o nome “Fat Boy” – e o nome pegou.

O modelo Fat Boy recebeu atualizações regulares de estilo até 2018, quando um novo modelo Fat Boy foi lançado no chassis Softail reinventado, equipado com o motor Milwaukee-Eight. O atual modelo Fat Boy enfatiza todas as características distintivas da Fat Boy, desde as jantes de disco de alumínio até ao enorme farol e “nacelle”. A Fat Boy continua a ser uma das motos mais imponentes do portfólio da Harley-Davidson.

Sobre a Harley-Davidson Motor Company®

Desde 1903 que a Harley-Davidson realiza sonhos de liberdade pessoal, liderando a inovação da mobilidade de duas rodas. A empresa oferece uma gama cada vez maior de motociclos de vanguarda, distintos e customizáveis e dá vida à marca através de experiências de condução Harley-Davidson e peças, acessórios, equipamento de condução e vestuário excepcionais. Mais informação sobre como a Harley-Davidson está a construir a próxima geração de condutores em www.harley-davidson.com .

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!