Novas Husqvarna elétricas podem ser construídas na nova fábrica da Bajaj

By on 3 Janeiro, 2022

O fabricante indiano Bajaj, tem uma quota considerável do vasto mercado local de scooters e motociclos. Agora, a empresa está a construir uma nova fábrica para a produção de scooters e motos eléctricas de duas rodas, e isso pode significar grandes novidades para as scooters e motociclos eléctricos da Europa.

A Bajaj anunciou que a sua nova unidade de produção será exclusivamente destinada à produção de veículos eléctricos, e está a investir 40 milhões de dólares na sua construção. Espera-se que a nova fábrica esteja pronta em Junho de 2022, um nova instalação que terá aproximadamente 50.000 metros quadrados.

A empresa espera poder produzir cerca de 500.000 scooters eléctricas por ano. A Bajaj tem as suas próprias scooters eléctricas, como a Chetak, mas também estabeleceu uma parceria com a Husqvarna. O protótipo da scooter eléctrica Husqvarna Vektorr foi alegadamente desenvolvido juntamente com a Bajaj Chetak, no âmbito da parceria entre as duas empresas. Concebida para o mercado urbano – algo comum entre as marcas de motos eléctricas em fase inicial – a Husqvarna Vektorr tem baixa velocidade e uma boa autonomia. .

A velocidade máxima de 45 km/h mantém-na como um veículo da classes dos ciclomotores em grande parte do mundo, o que significa que a maioria dos motociclistas não vão precisar da carta de moto para a utilizar. A baixa velocidade também ajuda a aumentar o alcance para 95 km. Ainda não há notícias sobre potência, mas é improvável que o conceito esteja a esconder algo maior do que um motor de 2-3 kW. É o nível de potência típico encontrado noutras scooters eléctricas com níveis de desempenho semelhantes.

Além disso, a Vektorr pode não ser a única Husqvarna eléctrica potencialmente destinada à produção nas novas instalações de Bajaj, pois a moto eléctrica Husqvarna E-Pilen poderia partilhar componentes de produção semelhantes.

Este tipo de parceria entre marcas de motos europeias e indianas está a tornar-se cada vez mais comum. A BMW está também a trabalhar na redução do custo das suas motos eléctricas através de uma parceria com a empresa indiana TVS.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments