Os novos modelos da KTM e Husqvarna para 2021 e 2022

By on 20 Julho, 2020

UMA BICILINDRICA DE 500CC PARA 2022, UMA TRAIL NO SEIO DA HUSQVARNA E A GASGAS FOCADA NO OFF-ROAD… SÃO AS PRÓXIMAS NOVIDADES AUSTRÍACAS ANUNCIADA POR STEFAN PIERER, CEO DO GRUPO KTM.

Todos os fabricantes de motos foram atingidos pelo Covid-19, especialmente a nível económico, com um efeito dominó sobre os seus programas de desenvolvimento e nas novidades. O todo-poderoso Grupo KTM não foi excepção!

Stefan Pierer, o boss da KTM AG, dá-nos informações preciosas sobre o que está para vir em termos de projetos e novidades no seio do grupo austríaco. Por exemplo, em relação a este ano, Pierer confirma uma mudança significativa na procura do mercado de motos, acelerando o interesse por produtos de pequena e média capacidade. Mas, que significado isto pode ter nos planos das marcas KTM, Husqvarna e GasGas?

Neste artigo, o CEO do Grupo KTM relembra os vários projetos em desenvolvimento e fala-nos de novos projetos para o universo de 2022.

Modelos de pequeno/médio porte como a 390 adventure estão a ganhar importância

A KTM vem com regularidade a ganhar terreno no mercado dos Estados Unidos, passando de uma quota de 2,6% em 2009 para 8,6% em 2019, um resultado conseguido com uma gama relativamente pequena em comparação com os fabricantes japoneses. Para este ano, foram apenas adicionadas a 390 Adventure e as mini-motos elétricas de motocross.

Existem outras categorias de nível básico para as quais serão apresentados novos modelos da KTM e Husqvarna?

– “Uma das coisas que aprendemos com a situação atual é que os modelos de pequeno porte tomaram uma grande parte do mercado, mesmo nos EUA”, começa por dizer Stefan Pierer. “A 390 Adventure está a liderar essa mudança, assim como todos os modelos Husqvarna de pequena cilindrada”.

Em relação aos produtos de pequeno e médio porte, o desenvolvimento da nova gama de dois cilindros de 500cc (a ser construída pela Bajaj) foi desacelerado pelo Covid-19? Quando está planeado o seu lançamento?

– “É o oposto! Por causa das lições aprendidas com o Covid, estamos acelerando esses projetos, pois a categoria 500 vai tornar-se um segmento muito importante, especialmente nos mercados desenvolvidos com motos para a carta A2. E nos chamados mercados emergentes, será o segmento premium. Será, portanto, muito importante para os nossos clientes 125/200 e 390 Duke que querem subir no mercado. Esta gama é 100% desenvolvida no Centro de R&D (Pesquisa e Desenvolvimento) da Bajaj em Pune, sempre com o apoio permanente e conhecimento dos nossos engenheiros. O novo motor é um dois cilindros paralelo, semelhante ao formato que usamos na 790/890, mas em versão de 500 cm3.”

Mas para quando está previsto o seu lançamento?

– “Sempre num espaço de dois anos para o primeiro modelo, portanto em 2022. Mas veremos muitos modelos diferentes, novas versões da Duke e Adventure em cada uma das linhas KTM e Husqvarna.”

O futuro twin de 500 cm3 será utilizado na KTM e Husqvarna, para as trail e roadsters do Grupo austríaco

Fale-nos agora em termos de crescimento do mercado médio. Com os novos modelos de 500 a 890 cm3, acha que eles podem ‘canibalizar’ os seus produtos de cilindro high-end e maiores, como a 1290 Super Duke R?

“Atualmente não há a mesma procura por modelos de grande cilindrada – independentemente do fabricante – quanto para cilindros de pequeno e médio porte. E isso não vai mudar por muito tempo, o tempo para resolver a crise, que será o mais cedo até ao final de 2021.

Se formos ver o que se passa na indústria automóvel, os fabricantes esperam até 20% menos procura após a pandemia, e até o final de 2021. Durante esse período, serão as motos de pequena e média cilindrada que as pessoas vão querer comprar, com muito menos procura pelas motos de alta cilindrada. Não sei exatamente qual será a percentagem, é muito cedo para o dizer, mas essas são as nossas previsões”.

Continuam a trabalhar na introdução de uma linha de estrada de motos de dois cilindros para a Husqvarna em 2022?

A Husqvarna Norden, uma maxi-trail sofisticada mas que pode chegar tardiamente ao mercado devido à pandemia

“Sim, com certeza. Será um modelo de Aventura como o conceito da Norden 901 que mostramos na EICMA no ano passado. E que já está a caminho”.

Haverá também uma versão 100% de estrada, em vez de uma trail multiusos?

“Focamos-nos primeiro na trail, mas o modelo de estrada pode vir mais tarde”.

A Norden virá com o motor 790 ou 890?

“Com o 890.”

A Husqvarna 901 Norden será produzida em série com o cilindro duplo da Duque 890

Como está a decorrer a integração da GasGas no grupo KTM e quais são os seus planos para as novas motos GasGas?

Laya Sanz no Rallye Dakar com a GasGas Factory Racing – RC450F

“Basicamente, repetimos a estratégia bem sucedida da Husqvarna, mas apenas com produtos off-road. Isso significa que uma versão GasGas estará disponível para aplicações de Enduro e Motocross de todas as plataformas de motores KTM. Estas versões da GasGas entrarão em produção em setembro, e os primeiros modelos de Enduro cumprirão o padrão Euro5.

O teste da GasGas já está no mercado e vendemos muito bem no mundo, dos Estados Unidos à Europa. Estou muito feliz porque finalmente podemos conquistar este último passo que estava em falta na nossa gama de produtos off-road!”

Comercializam apenas as GasGas offroad com motores a gasolina até agora. Os modelos elétricos chegarão no futuro?

Albert Cabastany, um nome que dispensa apresentação no Trial com a revolucionária GasGas TXE elétrica

“Atualmente, há apenas o motor de combustão. Mas como sabe, somos um dos pioneiros da energia elétrica de duas rodas. E é certo que o Trial é adequado para um motor elétrico. Já temos a TXE em desenvolvimento.”

E modelos de estrada da GasGas?

“Ainda não estão nos nossos planos. Então, por enquanto, a GasGas continua a ser uma marca exclusivamente off-road…”

 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments