SEAT Mó 125 levada a testes extremos em Espanha

By on 13 Abril, 2022

A equipa de Engenharia e Qualidade da SEAT colocou à prova a SEAT Mó 125 em dois locais espanhóis tão distantes e diferentes, como os Pirineus catalães e o deserto de Almería. A scooter eléctrica foi testada ao longo de 4.400 quilómetros através de neve, areia, água e zonas rochosas, sob temperaturas que variaram entre os 10 graus negativos e 45 graus.

Com tantos ambientes e terrenos a cobrir, seria importante assegurar que o seu desempenho não seria comprometido de forma alguma. Não há limite para o número de paisagens que se pode percorrer numa moto, nem para a sua diversidade dependendo do clima, do tempo ou das condições das estradas. Por isso, para assegurar o melhor desempenho possível da nova scooter 100% eléctrica, a equipa da SEAT Mó colocou-a à prova em duas paisagens opostas, as montanhas de Baqueira Beret (Lleida) e o Tabernas Desert (Almería), em Espanha, com uma diferença de temperatura de 55ºC entre elas, cobrindo um total de 4.400 quilómetros.

“Os testes de qualidade da SEAT Mó visam garantir que a scooter será capaz de oferecer potência, velocidade, aderência e alcance eléctrico em qualquer situação” disse Lucas Casanovas, diretor-geral da SEAT Mó. É por isso que a scooter foi levada “até ao limite” por estradas e curvas, neve e areia, em pavimentos molhados e estradas de cascalho, ao sol e chuva, acelerando e travando. Durante os testes, os engenheiros verificaram a bateria, os componentes da scooter, e asseguraram que a tracção e a suspensão não fossem comprometidas em circunstância alguma, ou que os pneus não perdessem a sua aderência.

Foi também vital certificarem-se de que o desempenho totalmente eléctrico da moto permanecia consistente, mesmo em climas dramaticamente diferentes, como os -10ºC de Inverno mínimo nos Pirenéus (Baqueira) ou os 45ºC de Verão no deserto árido de Almería. “Tinhamos de garantir que o nível de carga não cairia drasticamente em temperaturas abaixo de zero, e ao mesmo tempo, que a bateria não iria sobreaquece em calor sufocante” explicou Lucas. Assim, a bateria possui um sistema de auto-protecção que, por exemplo, reduz a energia se sentir que está a ficar demasiado quente. Estes testes são utilizados para definir as configurações do modelo para os mercados internacionais em frio extremo, bem como em climas quentes e desérticos.

Para resistir ao pó e à água a bateria teve de ser completamente selada e estanque para proteger os seus componentes eléctricos de elementos externos nocivos. Por esta razão, a SEAT Mó 125 cumpre as normas internacionais IP67: “Isto significa que a bateria oferece protecção total contra o pó, e que a sua vedação pode resistir perfeitamente a ser submersa num metro de água salina durante pelo menos 30 minutos sem se danificar”, esclareceu  Lucas Casanovas. “Confirmamos neste teste a capacidade de resistência da SEAT Mó em condições extremas”, concluiu.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments