Soriano Motori: Moto elétrica com embraiagem e caixa de velocidades

By on 22 Dezembro, 2021

Marco Antonio Soriano relança o projeto criado pelo seu avô há mais de 80 anos, com modelos elétricos exclusivos, munidos de embraiagem e caixa de velocidades. Marco Melandri é o ‘embaixador’ do projeto.

Perpetuar o sucesso de um legado familiar deve ser muito reconfortante, especialmente se se trata de relançar um negócio depois de mais de 80 anos para tentar colocá-lo num lugar de destaque no seu setor.

Isto é o que Soriano pretende fazer com a Soriano Motori, marca de motos fundada em 1939 pelo seu avô Ricardo, aristocrata, e marquês de Ivanrey. Muito tempo depois, o seu neto refundou a empresa, agora cem por cento italiana, com foco na mobilidade do futuro e cada vez mais do presente, o veículo elétrico.

“Estava em Miami numa conferência apresentando um tema sobre legado familiar e negócios, a lâmpada acendeu e perguntei: ‘Por que não?’ Agora que todos estão a falar da TESLA e de marcas elétricas que não têm uma tradição familiar como a nossa, resolvi  apostar neste novo projeto ”, explica Marco Antonio.

“Comecei a fazer os designs iniciais e as pessoas deram-me um feedback valioso. Daí surgiu a Giaguaro, um modelo de design desportivo e elegante que possui uma particularidade que o torna especial: um duplo motor com caixa de velocidades e embraiagem. Um dos problemas que os motores elétricos têm é que não existe variação de binário associada às mudanças, e não há emoções, não têm a sensação tradicional de uma moto. É isso que torna as nossas motos especiais”, explica.

Marco Melandri como embaixador

Para abraçar a Soriano Motori, tanto no seu desenvolvimento como na sua promoção, a marca tem um ex-piloto de MotoGP, Marco Melandri, como embaixador. “O futuro é elétrico; gosto da tecnologia e do projeto. O Marco Antonio tem um visual muito avançado e gosto muito disso”, diz o italiano sobre a sua inserção no projeto e, claro, gosta das motos: “Ter um forte binário e um motor com caixa de velocidades é uma coisa incrível, nunca vi nada igual. São mais pesadas, por causa das baterias, mas extremamente fáceis e naturais ”, disse Marco Melandri.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments