Suzuki GSX-R 1000 R vai afinal evoluir para o Euro 5B em 2023

By on 22 Outubro, 2020

A COR DAS SUAS BEM SUCEDIDAS MOTOS DE MOTOGP, INSPIROU A SUZUKI A CRIAR UMA EDIÇÃO LIMITADA – DE SOMENTE 70 UNIDADES – DA ICÓNICA GSX-R 1000 R PARA O MERCADO FRANCÊS. MAS ENTRETANTO, A MARCA DE HAMAMATSU EVOLUIRÁ A SUA SUPERDESPORTIVA PARA O EURO 5B… MAS SÓ EM 2023!

Foi anunciado no início do ano: a Suzuki faria uma pausa na sua saga de motos desportivas GSX-R, enquanto a Euro 5 não abrange-se todas as sua motos em janeiro próximo. O fabricante continua distribuindo os modelos GSX-R 1000 e GSX-R 1000 R e ainda equipará a sua principal desportiva de série com uma nova cor em 2021.

Mais recentemente, soube-se que o fabricante da Hamamatsu lançaria uma nova versão da sua GSX-R 1000 R com uma nova cor cinza/azul em tudo semelhante às GSX-RR utilizadas por Alex Rins e Joan Mir no campeonato de MotoGP. Esta edição especial foi ainda para outros países europeus durante o verão para celebrar o centenário da marca, e por outro lados, as tonalidades Metallic Triton Blue/Silver seriam os únicos na GSX-R 1000 R de 2021.

As 70 unidades para o mercado francês do modelo chegarão aos concessionários a partir de novembro, e um preço de 19.999 euros.

Novidade mais interessante e que interessa a todos os amantes de motos desportivas é saber que, apesar de muitos rumores em sentido contrário, a Casa de Hamamatsu tem planeado evoluir a sua moto mais veloz para o Euro5B, que só chegará em 2023. Isto aplica-se apenas às versões aprovadas para estrada, uma vez que as GSX-R 1000 R dedicadas apenas à competição em circuitos estarão sempre acessíveis.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x