Tecnologia: Patentes para 3 novos sistemas de airbag

By on 22 Junho, 2021

Uma moto já existe há anos com um airbag, a Honda Gold Wing. Para equipar outros veículos de duas rodas com airbags, a marca alada está a desenvolver ainda mais esta tecnologia em que foi pioneira nas motos.

Em setembro de 2006, a Honda apresentou o seu primeiro airbag para moto na Gold Wing 1800. Custava 3.000 euros a mais na época, e 15 anos de desenvolvimento precederam esse novo recurso de segurança. Atualmente, a Gold Wing ainda é a única moto de produção que pode ser equipada com um airbag. 

Recentemente, a marca alada fez três especificações de patentes publicadas recentemente, que descrevem três novas variantes de airbag. De acordo com a Honda, quase 70 por cento dos feridos em acidentes com motos podem ser atribuídos a colisões frontais, nas quais particularmente o impacto com um carro ou outro objeto que causa ferimentos graves. Em tal situação, um airbag pode inflar na frente do condutor e impedir que o mesmo seja lançado para a frente sobre a moto.

A Gold Wing ainda é a única moto de produção que pode ser equipada com um airbag

O primeiro desenho mostra o airbag montado diretamente no guiador

O grande desafio de um airbag em veículos de duas rodas, é que é muito mais difícil prever a posição do condutor do que no caso de um automobilista com cinto de segurança. Com a sua “poltrona” para o condutor, a posição do assento e os painéis, a Gold Wing foi concebida de forma a que a postura do motociclista se assemelhe à de um condutor de automóvel.

O airbag da Honda Gold Wing tem um formato clássico de balão, que preenche o espaço entre o condutor e o guiador quando inflado. Parece hoje, algo antiquado. Porém, os desenhos das novas patentes mostram uma espécie de parede que cobre uma parte tão grande da área de impacto possível quanto possível. Na verdade, pretende-se mitigar lesões por impacto e não – como na Gold Wing – segurar o condutor no seu assento como num automóvel. Digamos que é um sistema muito mais com propósito motociclista!

No segundo desenho vemos o airbag montado junto ao cabeçote da direção
A cúpula dianteira avança automaticamente para a frente quando o airbag se desdobra

Os novos designs da Honda centram-se no posicionamento do airbag. Na primeira variante, o airbag é posicionado diretamente na frente do guiador. É dobrado numa caixa em forma de C que envolve a cúpula de proteção do condutor.

Num segundo projeto, o airbag é colocado mais à frente, sob o pára-brisas. Com essa construção, todo o painel deve dobrar para a frente no caso de o airbag se desdobrar.

O terceiro desenho mostra um airbag montado diretamente no guiador. Para evitar a explosão diretamente na frente do rosto do condutor quando o airbag se abre, os elementos da unidade devem ser montados na parte inferior do cabeçote de direção, com um tubo flexível subindo até ao airbag montado no guiador. Em caso de queda, o dispositivo explosivo deve ser acionado como de costume, após o que o gás passa pelo gasoduto até o airbag expandir-se.

Todos os desenhos parecem fazer sentido, porém, ainda não está totalmente claro o que será no final, ou se a Honda usará airbags diferentes para modelos de motos diferentes.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments