Tecnologia: Um bloco ‘dois tempos’ associado a um motor elétrico

By on 9 Setembro, 2020

UM MOTOR DE DOIS TEMPOS, SUPERCHARGED, COMBINADO COM UM PROPULSOR ELÉTRICO… A IDEIA PARECE LOUCA OU COMPLETAMENTE IMPROVÁVEL. MAS EXISTE.

A fórmula pode ser intrigante, mas só podemos descrever o que Kawasaki acaba de patentear com a JPO, o departamento japonês de registo de novas patentes. Em concreto, não se trata de uma nova evolução do moto com turbo-compressor da estratosférica quatro cilindros H2,  ou sequer uma extensão do recente protótipo desportivo elétrico de Akashi, mas uma motorização híbrida que até agora ninguém imaginou.

Faça então o seu próprio juízo sobre esta nova patente que descreve um motor de quatro cilindros em linha, de dois tempos, crossplane, impulsionado por um compressor. Além disto, este bloco motriz parece projetado, não para fazer movimentar apenas a roda traseira, mas para o fazer em conjunto com um motor elétrico. Basicamente, em Akashi, os engenheiros da Kawasaki imaginam uma moto híbrida combinando um motor elétrico com uma unidade a dois tempos!

Mas porquê…? Para acentuar a performance? Para ter um motor mais limpo, assumindo que nesta configuração o motor opera numa janela de rotação propícia a reduzir emissões poluentes? Até ao momento, não sabemos o suficiente para fazer suposições. Teremos de esperar por mais pormenores.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments