V-Strom 1050/1050 DE 2023: Atualizações importantes e mais empenho offroad

By on 5 Setembro, 2022

A Suzuki procedeu a uma actualização no modelo V-Strom 1050 com a criação de duas novas versões, que vão substituir as atuais versões 1050 e 1050 XT, passando a denominar-se V-Strom 1050 e V-Strom 1050 DE. Ambas as versões estarão disponíveis no início do ano de 2023, com a versão DE a ser a primeira a chegar ao mercado nacional.

A Suzuki introduz assim duas novas versões que vêm oferecer mais opções para quem se quer aventurar em grandes distâncias em estrada ou fora dela. A nova V-Strom 1050 mantêm todas as mais valias anteriores, às quais se acrescentam agora novas funcionalidades que vêm aumentar o prazer de condução e o conforto do condutor mantendo uma vocação estradista por excelência.

Adicionalmente, a nova V-Strom 1050 DE apresenta agora um conjunto de novas características, pensadas especialmente para aumentar as suas capacidades fora de estrada, conferindo-lhe maior polivalência. A reputação da V-Strom com uma das melhores e mais sólidas opções do mercado no segmento das trail para longas tiradas em estrada, sai assim reforçada com o alargamento do campo de utilização fora de estada na sua versão DE, que apresenta várias atualizações importantes.

Em primeiro lugar, a nova roda dianteira raiada de 21 polegadas, que se estreia no modelo em conjunto com um maior “trail” e distância entre eixos, que conferem maior controlo em superfícies não pavimentadas. A V-Strom 1050 DE conta ainda com um maior curso da suspensão traseira e dianteira, guiador e apoios de pés mais largos, assim como a proteção de cárter em alumínio.

Além da geometria e ergonomia do quadro e ciclística revistas, a DE (Desert Express) acrescenta  na eletrónica os dois modos de ABS mais a capacidade de desligar o ABS traseiro, assim como a configuração adicional de controle de tração off-road ‘modo G’ (gravilha).

A V-Strom 1050 DE baseia-se numa plataforma comprovada, robusta e confiável que tornou a V-Strom numa moto de culto e a escolha de muitos amantes da aventura.

Para 2023, a nova V-Strom 1050DE e a V-Strom 1050, apresentam um novo painel TFT colorido e um Quick Shift  bidirecional, além de um conjunto de recursos eletrónicos complexos que incluem, entre outros aspectos, uma IMU de seis eixos, o ABS sensível ao ângulo inclinado com dois modos de sensibilidade, controle dependente da inclinação e de carga, a assistência para planos inclinados Hill Hold, cruise control, 3 modos de potência e 3 configurações de controle de tração.

O motor V-twin a 90 graus de 1037cc, mantém as suas características notáveis na V-Strom 1050 e V-Strom DE. O seu desenho proporciona um equilíbrio primário perfeito, com cada um dos dois cilindros a anular a vibração do outro. Isto elimina a necessidade de qualquer eixo de equilíbrio, evitando a perda mecânica associada aos mesmos, e isto liga-se à melhoria da eficiência térmica para uma maior potência de saída. Além disso, a disposição do motor V-twin permite um desenho de quadro mais fino com um centro de gravidade mais baixo, o que contribui para um manuseamento mais ágil e maior manobrabilidade.

Configurado para o nível de emissões Euro 5, anuncia um pico de potência de 105.9 cv (79 Kw) às 8500 rpm e um binário poderoso de 100 Nm (Newtons-metro) logo às 6000 rpm. Este nível de performances, associadas à caixa de 6 velocidades com Quick Shifter, deverá assegurar grandes momentos de prazer, seja em estrada como em trajetos offroad. O peso anunciado pelo fabricante, de 242 kg, para a V-Strom 1050, e de 252 kg para a V-Strom 1050 DE, não deverá ser limitativo.

Com um estilo muito parecido com a geração anterior, a nova V-Strom 1050DE e a V-Strom 1050 canalizam o espírito de design do icónico das off-road DR-Z800 da Suzuki. Ambos os modelos incorporam uma silhueta semelhante á DR-Z, não faltando o ‘bico de pato’ e dicas de design óbvias. No entanto, a DE vai um pouco mais longe nessa homenagem com uma pintura tradicional amarela e branca, completa com aros dourados, além de um esquema de cores azul e branco com acabamento em azul. Ambas deverão estar em breve disponíveis, juntamente com uma elegante versão totalmente preta.

A V-Strom 1050 surgirá em preto e dourado com rodas douradas, azul e preto, um cinza elegante com aros vermelhos e uma versão vermelha e preta com as mesmas rodas vermelhas. A V-Strom 1050 DE vai estar disponível em 3 cores e a VStrom 1050 em quatro cores, com PVP a anunciar em breve.

PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE VERSÕES:

 V-Strom 1050V-Strom 1050 DE
GuiadorAlumínioAlumínio 20 mm mais largo de cada lado
Poisa PésAlumínio coberto com borrachaAço coberto com borracha
BancoAltura ajustávelFixo
Crash barOpcionalSérie
Roda dianteira110/80R19M/C 59V tubeless90/90R21M/C 54H
Roda traseira150/70R17M/C 69V tubeless150/70R17M/C 69H tubeless
JantesAlumínioRaiadas
Curso suspensão dianteira160 mm170 mm
Curso suspensão traseira160 mm169 mm
Altura ao solo165 mm190 mm
Protecção carterPlásticoAlumínio
Controlo tracção3 modos + Off3 modos + Off + Modo G
Cancelamento ABS traseiroNãoSim
Pára-brisasStandard, ajustávelCurto e fumado, ajustável

Ficha técnica

SUZUKI V-STROM 1050 (V-Strom 1050 DE)

Motor: V-Twin a 90º, 4T, refrigerado a líquido DOHC

Diâmetro x curso 100,0 mm x 66,0 mm

Cilindrada: 1037 cc

Taxa de compressão: 11. 5:1

Alimentação: injecção eletrónica de combustível

Lubrificação: por cárter húmido

Caixa: 6 velocidades

Suspensão dianteira: forquilha telescópica invertida

Suspensão traseira: monoamortecedor hidráulico tipo link

Rake / trail: 25°40′ / 110 mm

Travões (Fr.-Tr.): 2 disco / 1 disco

Altura do assento: 855 mm – 880 mm (V-Strom 1050 DE)

Capacidade do depósito: 20 litros

Peso anunciado: 242 kg – 252 kg (V-Strom 1050 DE)

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments