Yamaha MT-10 McLaren Orange da DeBolex

By on 14 Fevereiro, 2019

Uma moto naked com 998 cc e perto de 160CV de potência com um binário de 111Nm e uma ciclística apuradíssima mexe com a imaginação de qualquer um, razão pela qual o atelier DeBolex Engineering, no sul de Londres, que goza de uma enorme reputação na preparação de motos custom, decidiu ir mais além e convertê-la numa máquina de enorme impacto visual e de uma exclusividade estética invulgar.

O objectivo era o de manter o essencial, quadro, depósito, motor e electrónica não foram tocados, no entanto tudo o resto foi repensado no sentido de conseguir uma silhueta igualmente agressiva mas mais aligeirada. No início procederam ao “despir” da MT-10 original e tentar perceber como evoluir a partir do seu “esqueleto”.

Alguns elementos foram logo dispensados e colocados de lado, como as entradas de ar falsas e o elemento do farol dianteiro de aspecto robótico. No processo de abolição de peças de imediato se percebeu que iriam ter que equacionar o problema das cablagens eléctricas que de repente se encontravam totalmente expostas.

A DeBolex concebeu de raiz e de forma artesanal todas as novas peças que passaram a constituir o “revestimento” exterior da MT-10, trabalhando o alumínio manualmente e desenvolvendo um novo conceito estético para a poderosa naked.

O objectivo era o de conseguir um “blend” entre tecnologia e uma imagem retro inspirada em carros de competição clássicos. No resultado final parece-nos bastante evidente e soberbamente conseguida essa simbiose.

No depósito original da MT-10 que foi mantido foi colocado um novo tampão da Rizoma e lateralmente foram projectados novos painéis para fechar os espaços deixados abertos pela eliminação dos plásticos originais. Sobre os painéis que cobrem parte do depósito de combustível foram montadas umas pequenas asas laterais e os mesmos têm também a função de cobrir parte da cablagem e elementos que ficaram à vista por eliminação dos plásticos originais.

A frente monta agora um novo écran fumado e uma pequena carenagem com luzes LED tendo-se mantido o painel digital de informação original da MT-10. Como guarda lamas dianteiro foi montada uma versão produzida pela DeBolex mais curta e rebaixada.

A traseira foi totalmente redesenhada em função das linhas do depósito e do novo look pretendido. A baquet foi totalmente produzida de forma artesanal e com requintes que fazem parte da normal abordagem da DeBolex. O conjunto luz traseira, suporte de matrícula e piscas estão também perfeitamente integrados e equilibrados com o desenho da traseira da moto. A elemento superior da baquet, forrado a alcântara, é facilmente removível para se ter acesso a todos os elementos principais da electrónica da moto.

A nível da ciclística pouco ou nada foi necessário realizar ou alterar já que a Yamaha MT-10 é toda uma referência nessa matéria razão pela qual a DeBolex apenas decidiu montar pneus de competição Metzeler para melhorar a aderência.

O sistema de escape foi no entanto repensado para poder contribuir na sua estética e desempenho dinâmico para o resultado final desta fantástica preparação. Os colectores foram produzidos artesanalmente e a ponteira montada é da Spark.

Pequenos pormenores foram também contemplados com a montagem de novos elementos da Rizoma e da Renthal, no guiador e punhos onde também se substituiram os elementos de controle por outros da Accossato.

Finalmente havia que pensar na cor… A inspiração nos antigos carros de competição levou a DeBolex a pensar no Laranja do McLaren 570 e assim ficou decidido tendo levado um acabamento pérola sobre o mesmo de belo efeito realizado pela IDC – Image Design Custom. Na traseira foi ainda colocada a insínia 1/1 que significa que este modelo é absolutamente único.

Resultado final: uma Yamaha MT-10 “McLaren Orange” que invoca todo o espírito competitivo do modelo de 4 rodas no qual está inspirada.

Fontes: Preparador DeBolex Engineering e Fotografia de Tom Horna
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments