Comparativo Honda PCX vs Yamaha NMax – Uma batalha épica!

By on 14 Abril, 2021

Que ninguém tenha duvidas da envergadura deste desafio. Estas são as motos mais vendidas do nosso mercado, e se em tempos de guerra não se limpam armas, a Honda PCX e a Yamaha NMax não perderam tempo nas adaptações ao Euro5, renovando electrónica, chassis e pormenores de usabilidade que transformam a relação quotidiana com estas máquinas.

Hoje vamos fazer uma serie de testes para dar a conhecer as valências em que uma e outra se destacam. Vai ser um dia divertido…

texto de Pedro Alpiarça

Testadas por nós nas ultimas semanas, estas pequenas grandes motos continuam a surpreender pela sua capacidade de nos fazer sorrir.

Sabendo que é muito mais aquilo que as aproxima do que as separa, propusemo-nos a criar uma série de desafios directamente ligados à realidade que os seus utilizadores irão encontrar no quotidiano onde elas se movem. Aceleração, Top-Speed, Slalom, Travagem, Capacidade de Arrumação, Lomba com Pendura e por ultimo, mas não menos importante, o teste da Entrega da batata frita.

Começámos pelo teste de aceleração, estabelecemos um percurso de 100m, enchemo-nos de coragem e enfrentámos a velocidade vertiginosa que se seguiu. Muito risco envolvido com máquinas tão potentes, mas este é o nosso trabalho, há que ser valente. A saída inicial da PCX é poderosa, mas a maneira como a NMax recupera fez-nos perceber que o seu motor com sistema VVA (abertura de válvulas variável) tem uma desenvoltura superior nos médios e altos regimes. Tendo em conta a diferença de estatura dos nossos pilotos, os resultados estavam a ser influenciados (a vitória cabia sempre ao mais leve), logo decidimos recorrer ao cronometro…

Por 0,2 seg a Honda PCX ganhou o primeiro desafio (teste de Aceleração)!

Embalados pela adrenalina da velocidade estonteante, mantivemos o punho direito trancado e verificámos que os valores máximos da mesma apenas diferiam em um km/h de diferença. Mesmo piloto, mesmo vento, mesmas condições de asfalto. 

No teste de Top-Speed a Yamaha NMax (por uma curta margem) foi a vencedora!

No nosso extremamente técnico percurso de slalom, avaliamos a capacidade de manobra a baixas velocidades destes monstros. Ambas são extremamente eficazes na sua faena, mas a PCX com o seu guiador tão peculiar e a sua fisionomia mais longuilinea, deram-lhe a vantagem. A Yamaha NMax tem uma postura mais vertical, de moto, e acreditamos que nos apoios maiores o seu chassis se abrilhante. Não obstante..

A vencedora do teste do Slalom foi a Honda PCX!

Travões a fundo! Lançados a 50 km/h, observamos a estupenda capacidade de conseguir parar estas scooters num curto espaço. Em cerca de 5, 6 metros estávamos com as olhos a saltar das orbitas enquanto cravávamos unhas e dentes nas manetes de travão. À partida, a solução tecnológica superior da NMax (utilizando dois discos de travão, enquanto que a PCX adopta um tambor traseiro) dava-lhe vantagem, e a realidade fez jus às espectativas.

A Yamaha NMax vence inequivocamente o teste de Travagem!

A utilização quotidiana destas máquinas terá sempre uma grande componente práctica, e a sua capacidade de arrumação também foi testatada. O mesmo capacete integral (tamanho M) foi arrumado sem dificuldades em ambas, mas a na NMax temos de recorrer a alguns malabarismos para o conseguir, sem restar espaço para muito mais. Na Honda, o capacete encontra facilmente o seu lugar e continuamos com capacidade para mais alguns pequenos volumes. Foi tido em conta também o facto de o compartimento de porta-luvas da PCX (com ficha USB tipo C) poder ser fechado, salvaguardando dos elementos o telemóvel.

A Honda PCX é a vencedora do teste de Arrumação!

As suspensões destas rivais comportam-se de maneira distinta, sendo que a Yamaha é mais assertiva e desportiva, enquanto que a PCX tem um trabalhar mais filtrado e confortável. Nada como colocá-las à prova num teste, passando numa lomba com um forte e corajoso pendura. Nota muito positiva para o para o conforto de ambas, e que na NMax o mesmo surge numa posição mais elevada e na Honda as pegas e o espaço no assento o deixam bastante confortável. Ainda assim, gostámos mais do comportamento das suspensões no amortecimento e tolerância à carga da Yamaha NMax.

No teste da Lomba com Pendura, ganhou a Yamaha NMax!

Por fim, o teste mais esperado. Aquele que vai influenciar milhões de consumidores caseiros (sobretudo nesta realidade pandémica) e trabalhadores na área das entregas. É senso comum que existem determinados artigos alimentares que têm um prazo de consumo muito limitado, perdendo as suas propriedades óptimas de degustação. Como tal, recorremos a um expert no assunto, uma sumidade no que toca a analisar a vida útil de uma batata frita. Impressionante como estas duas máquinas cumpriram, a sua agilidade, manobrabilidade e facilidade de utilização (ambas com start-stop), fazem delas as rainhas das entregas nas grandes cidades.

Empate técnico no teste da Entrega da Batata Frita!

Nota: um agradecimento especial ao Mercado de Algés

Como conclusão, e após reunidos todos os pontos amealhados, o empate foi um resultado que não nos surpreendeu. A Honda PCX continuará a ser uma referência no que toca à sua agilidade e esta mais recente versão está com uns acabamentos com uma qualidade digna de nota. A Yamaha NMax será sempre mais atrevida e desportiva, com uma ergonomia de moto ligeiramente maior. Ambas usufruem das ultimas tecnologias (controlo de tracção, sistema Start-Stop e ignição sem chave), mas a Yamaha surge um passo à frente com a possibilidade de ligação ao smartphone com App dedicada (mas apresenta um compartimento com ficha de 12V completamente exposto aos elementos…).

Por 25€ de diferença (3,150€ para a PCX e 3,125€ para a NMax), ficámos com mais duvidas do que certezas sobre qual levaríamos para casa. E isso é dizer muito da competitividade destes colossos.

 

Resultados:

TesteHonda PCXYamaha NMax
Aceleração (0-100m)X
Top-SpeedX
SlalomX
TravagemX
Capacidade de ArrumaçãoX
Lomba com PenduraX
Entrega da Batata FritaXX
Total:XXXXXXXX

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x