A Ducati Multistrada atinge a marca das 100.000 unidades

By on 17 Setembro, 2019

Dezasseis anos após a primeira Multistrada ter saído da linha de montagem, esta família de modelos atingiu agora a marca das 100.000 unidades. A Multistrada número 100.000, uma versão Pikes Peak da 1260 com uma gravação a laser customizada na mesa de direção, foi entregue a Dave Hayward – um Ducatista alemão que encomendou esta Multistrada ao concessionário de Düsseldorf –, pessoalmente, pelo próprio CEO da Ducati, Claudio Domenicali.

A moto dual-purpose da Ducati sempre foi tecnologicamente de vanguarda. Em 2010 a Multistrada foi a primeira moto a contar com modos de condução, o sistema que altera o próprio carácter da moto. De facto, na frase-chave para a campanha publicitária podia ler-se: “quatro motos em uma”. Com a versão D|Air, apresentada em 2014, a Ducati disponibilizou a primeira moto com um sistema capaz de interagir com um blusão dedicado equipado com airbag. Em 2015 tornou-se a primeira moto com um motor com atuação variável das válvulas (de admissão e escape): o Testastretta DVT (Desmodromic Variable Timing).

E, à medida que a tecnologia evoluiu, o mesmo se passou com a fiabilidade. Foram aplicados testes de desenvolvimento ainda mais longos e rígidos. Os processos de produção foram incrementados, os materiais evoluídos e as simulações numéricas apuradas, elevando as Multistrada 1260 e 950 a níveis de fiabilidade sem precedentes. Hoje, todos os motores da família têm intervalos de 30.000 km para verificação da folga das válvulas – três vezes o intervalo da primeira versão.

Com nada menos que 7 versões, a atual família Multistrada nunca foi mais completa: duas versões de 950 cc (113 cv) e cinco de 1260 cc (158 cv).

Apresentada em 2019, a nova Multistrada 950 – também disponível na versão S – foi projetada para colocar as prestações da Multistrada ao alcance de todos enquanto maximiza a sua versatilidade, graças também à jante dianteira de 19’’.

A mais recente interpretação do conceito original de dual-purpose desportiva, a Multistrada 1260, combina o conforto e a capacidade de carga de uma moto dual-purpose, com dimensões de pneus, jantes e travões que são, por seu lado, mais típicos de motos desportivas. Equipada com suspensões Öhlins, jantes forjadas e silenciador em carbono, o modelo Pikes Peak oferece a máxima performance desportiva.

Para aqueles que, por sua vez, adoram a aventura, a Ducati surgiu com a Multistrada 1260 Enduro, projetada para enfrentar os terrenos mais duros e as viagens mais longas, graças ao seu depósito de 30 litros, suspensão de curso longo e, claro, às resistentes jantes de raios com um aro de 19’’ na dianteira.

O desenvolvimento continua em curso e, em 2021, a família Multistrada será alargada, com as motos bicilíndricas de 950 e 1260 a receberem a companhia de uma versão com um novo e específico motor V4.

Os marcos da Multistrada

  • 2003 Multistrada 1000 DS
  • 2005 Multistrada 620
  • 2007 Multistrada 1100
  • 2010 Multistrada 1200
  • 2012 Multistrada Pikes Peak

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!