BMW: Choques elétricos para manter a concentração

By on 1 Abril, 2021

A ideia é fazer roupas técnicas que contraem os músculos do condutor para estimular os seus reflexos. De acordo com o fabricante, esse é o elo em falta nos sistemas de segurança atuais. 

A BMW Motorrad apresentou uma patente para estimular a concentração do condutor por meio de eletroestimulação. Um método alternativo para manter a sua atenção em alta e ajudar o motociclista a evitar distrações.

O fabricante alemão já estudou um sistema de sensores, capaz de fazer cálculos instantâneos a serem transmitidos para a unidade de controle eletrónico (ECU) para prevenir acidentes, mas a questão é a capacidade reflexiva do condutor: se este não mantiver um alto limiar de atenção, as informações da unidade de controle são de pouca utilidade. A roupa concebida pela BMW visa solucionar precisamente essa latência.

CHOQUES ELÉTRICOS

O dispositivo foi projetado para dar ao condutor choques elétricos leves nos músculos do tronco e abdómen. Graças a essa tensão, a roupa evitaria possíveis distrações do condutor, ou consequências piores em caso de ativação dos sistemas de segurança do veículo. O princípio é o da cirurgia estética não invasiva, que estimula os nervos para fazê-los contraír. A BMW está a procurar uma maneira de tornar esse método mais eficaz, com contato mais direto com a pele do motociclista: roupas íntimas técnicas, tuts de couro, conexões sem fio ao sistema de segurança da moto.

A IMPORTÂNCIA DO FATOR HUMANO

Segundo a BMW, os atuais sistemas de segurança e condução semi autónomos são limitados pelo fator humano: é o homem que deve reagir aos impulsos através de reflexos, mas isso não é eletronicamente controlável. A travagem de emergência, por exemplo, pode causar mais danos do que o acidente se o condutor não conseguir reagir; fornecer-lhe um estímulo elétrico – assim pensam em Munique – pode ser a solução. Talvez um pouco distópico, mas pode ser o nosso futuro.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments