Concept H2K: Desportiva francesa movida a hidrogénio

By on 31 Outubro, 2021

No mundo tão em voga das novas formas de energia para a mobilidade, o hidrogénio é uma das soluções em cima da mesa. A Tecmas Racing Team e a H2 Motronics estão a desenvolver em conjunto um moto desportiva alimentada por célula de combustível, que deve pesar menos de 200 quilos!

Quando um experiente engenheiro de Fórmula 1 se concentra na célula de combustível e depois se junta a uma equipa de motos de Endurance, apenas algo especial pode surgir dessa com combinação explosiva. Foi o que aconteceu com este projeto das fancesas H2 Motronics e na Tecmas Racing Team.

O resultado final do protótipo H2K deve ficar abaixo de 200 kg e ter o desempenho de uma Moto3 das pistas, ou seja: 50 cv e uma velocidade máxima de 235 km/h. Essa é a premissa inicial desta moto elétrica, o que desde logo parece um bom começo.

Para além disto, a H2 Motronics planeia uma autonomia de 44 quilómetros, ou 11 voltas na pista Riccardo Tormo de Valência com apenas 1 kg de hidrogénio. Para efeito de comparação, saiba que 1 quilograma de hidrogénio líquido, tem três vezes a densidade de energia da gasolina.  

A H2K será apresentada como um protótipo na primavera de 2022. Até agora, no entanto, existem apenas esboços do modelo.

O assunto do hidrogénio como combustível ou como portador de energia para células de combustível, ainda é um grande problema. A H2 Motronics não resolve o problema da produção de hidrogénio verde com o este seu protótipo, mas no sentido de se otimizar o peso e a eficiência parece uma boa solução.

A Tecmas Racing Team é uma das equipas participantes no Campeonato do Mundo de Endurance

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments