Crighton CR700W: Uma jóia tecnológica por 111 mil euros!

By on 22 Agosto, 2022

Uma desportiva de estrada com 220 cv e menos de 130 kg… Impossível? Não para o designer britânico Brian Crighton, grande defensor dos benefícios do motor rotativo e que criou esta jóia desportiva que pode ser matriculada.

Crighton é um dos maiores especialistas mundiais em motores rotativos aplicados a motos. A sua experiência é vasta, tendo sido responsável pelos motores rotativos da Norton nos anos 80. Além disso, Brian ganhou três vezes o título britânico de 50cc, pelo que reúne capacidade técnica e conhecimento como piloto.

Nos últimos 12 anos Crighton tem trabalhado em conjunto com a Rotron Power Ltd (uma empresa que fabrica motores rotativos para a indústria aeroespacial) na CR7000W. Uma moto de competição (mas matriculável) que beneficia de todas as vantagens associadas a um motor rotativo com a fiabilidade de um motor convencional a 4 tempos. A robustez mecânica  que sempre foi um dos pontos fracos dos propulsores Wankel, foi alcançada graças à tecnologia utilizada pela Rotron Power na indústria aeronáutica.

A melhor relação peso/potência do mundo

A Crighton CR700W entrega 220 cv às 10.500 rpm graças ao seu motor de dois rotores de 690 cc (como dois cilindros no formato Wankel) alimentado por injeção eletrónica. O que significa atingir 319 cv por litro de cilindrada – o motor Wankel oferecem muito mais desempenho para a mesma cilindrada por comparação a um motor convencional. A estanquecidade do rotor rotativo é alcançada graças ao uso de elementos cerâmicos de nitreto de silício que, segundo informações oficiais, proporcionam uma vedação eficaz com desgaste quase zero.

“A CR700W é o culminar das conquistas da minha carreira. Desenvolvida com o meu excelente engenheiro líder, Shamoon Qurashi, esta moto encapsula o melhor que sei em engenharia. E acredito que o resultado é a melhor moto de pista e corrida.” Brian Crighton.

O quadro da CR700W é uma evolução do famoso Spondon, com braço oscilante de alumínio. O ângulo de direção e o ponto de ancoragem do braço oscilante podem ser ajustados de acordo com o piloto. O motor de rotor duplo da CR700W tem apenas três partes móveis: tem 340 mm de comprimento, 240 mm de diâmetro e pesa 24 kg, contribuíndo assim para que a moto tenha um peso a seco de apenas 129,5 kg .

As informações oficiais apontam para números espetaculares: 220 cv, 129,5 kg, 142 Nm de binário máximo e uma relação de 319 cv por litro. Serão produzidas apenas 25 unidades para competição, embora também haja também uma versão matriculável!

Mason Law , piloto de testes e ex-campeão britânico do Superstock 600:

“Andar na Crighton foi uma experiência fenomenal. A velocidade bruta da moto era alucinante. Senti como se estivesse na pista de um porta-aviões com um jato F-35. Esta velocidade bruta, juntamente com a sua leveza, significa que tem a relação potência-peso de uma moto moderna de MotoGP com montanhas de binário. É uma moto que nos faz sorrir.”

O preço desta preciosidade é de 95.000 libras (ou seja, 111.864 euros + IVA ). Por esse valor, o felizardo dono terá na na sua garagem uma moto única com ‘a melhor relação peso/potência do mundo’, refere a Crighton.

“A CR700W é uma obra-prima única do motociclismo e uma verdadeira obra de arte, nascida da paixão e genialidade de Brian quando se trata de criar motores e motos de corrida extraordinários. É mais potente por cc do que qualquer outro motor normalmente aspirado do mundo, com uma relação potência-peso maior do que a Aprilia RSV4, ou mesmo a Kawasaki H2R sobrealimentada. Existem poucas máquinas tão exclusivas, com desempenho e singularidade à altura.” Alex Head , CEO da Rotron Power Ltd.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments