DUCATI Streetfighter V4 – Eleita a mais bela do Salão de Milão 2019

By on 11 Novembro, 2019

A Ducati vence pela décima vez nas quinze edições deste prestigiado prémio, com 36.7% dos votantes a declararem a nova super-naked da Ducati como sendo a ‘rainha’ do Salão.

A Ducati Streetfighter V4 foi eleita a “Moto Mais Bela do Salão” na EICMA 2019, a mais importante feira de negócios do sector. O veredito foi decretado pelo público em geral, que participou em grande número, enchendo os pavilhões da Feira Internacional de Milão-Rho nos cinco dias em que esteve patente, através de uma votação efetuada no Salão ou online.

A competição “Vota e ganha a moto mais bela do Salão”, organizada pela revista italiana Motociclismo, em colaboração com a EICMA, atingiu este ano a sua décima quinta edição, e para a Ducati esta foi a décima vitória. Mais de 14.500 entusiastas expressaram a sua preferência e a Streetfighter V4 foi a moto mais votada, tanto pelos visitantes da Feira como pelos utilizadores do site da Motociclismo. A nova Super-Naked da Ducati arrecadou o primeiro lugar com 36.7% dos votos e uma considerável vantagem sobre a moto colocada em segundo lugar.

A revelação dos votos recebidos teve lugar no domingo 10 de novembro, o último dia do Salão, e foi seguida por uma cerimónia oficial no palco exterior do Moto Live, na presença de Giacomo Casartelli, Diretor Executivo da EICMA, e do Diretor da Motociclismo, Federico Aliverti, que apresentaram este prestigiado galardão.

O prémio para a marca de Borgo Panigale foi entregue a Andrea Ferraresi, o Diretor do Centro de Design da Ducati: “Estamos particularmente orgulhosos de receber este prémio numa competição em que todos os fabricantes participam com os seus modelos principais e com o público em geral da EICMA, a mais importante feira de motociclismo do Mundo, que elegeu a Streetfighter V4 como a mais bela.”

A cerimónia da “Moto Mais Bela do Salão” foi o ato final de uma intensa semana de exposição e eventos, que viram mais de meio milhão de visitantes passarem pela EICMA, um acréscimo comparativamente a 2018, confirmando os sinais positivos de recuperação para o sector das motos.

Logo desde o primeiro dia de abertura o público encheu o stand da Ducati. Primeira entre três motos totalmente novas apresentadas estava a Streetfighter V4, a super-naked com guiador largo e elevado, 178 kg de peso, motor Desmosedici Stradale de 1.103 cc com 208 cv, asas biplano e um pacote eletrónico de última geração. O resultado desta “The Fight Formula” é uma naked Ducati extrema, moderna e tecnológica, com um design e agressivo e excitante. Uma moto que não faz nada para esconder as suas prestações de topo, mas que garante prazer e diversão mesmo num uso diário.

Para além desta “rainha” do Salão tivemos a completamente renovada Panigale V2 e a versão 2020 da Panigale V4, a moto desportiva mais vendida em todo o Mundo nos últimos dois anos.

Cinco novas versões também foram introduzidas para 2020: a Multistrada 1260 S Grand Tour, a Diavel 1260 na nova cor “Dark Stealth” e a Diavel 1260 S em “Ducati Red”, a Monster 1200 “Black on Black” e, finalmente, a Scrambler Icon Dark. Interesse a grande aclamação também rodearam as duas concept bike Scrambler DesertX e Scrambler Motard, que polarizaram a atenção do público, bem como as três novas Ebikes apresentadas pela companhia de Borgo Panigale em colaboração com a Thok: a exclusiva MIG-RR Limited Edition, a MIG-S e a E-Scrambler.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!