Royal Enfield com novas cores para o modelo Himalayan 2020

By on 12 Novembro, 2019

A Royal Enfield este ano no Salão de Milão apresentou 3 cores novas do seu modelo Himalayan que estarão disponíveis para o início de 2020.

Royal Enfield Himalayan

As três novas cores incluem Lake Blue,  Rock Red e Gravel Grey com acabamento brilhante.  Quanto ao restante as Himalayan continuam idênticas em ciclística e motorização ao modelo anterior. A suspensão mantém-se convencional de 41mm com 200 mm de curso e mono-amortecedor na traseira com 180mm de curso.

A travagem é assegurada por um disco único na dianteira de 300mm e na traseira de 240mm, assistidos por ABS de duplo canal para maior segurança.

O motor da Himalayan é o mesmo monocilíndrico de 411cc com arrefecimento a ar e SOHC, com injecção electrónica que debita 24,5 CV de potência e 32 Nm de binário máximo. Os 194 Kg da Himalayan são movidos por uma caixa bem escalonada de 5 velocidades .

Royal Enfield Himalayan

Particularidade da Himalayan é a altura do seu assento de apenas 800mm, boas notícias par utilizadores de estatura mais baixa, isto sem penalizar uma distância ao chão que se cifra nuns relevantes 220mm.

A Royal Enfield mostrou este ano na EICMA uma gama dinâmica de motos. Desde a Classic à emblemática Bullet, até à nova Bullet Trials lançada em setembro de 2019 e passando pelas Twin (Interceptor e Continental GT) que se deram a conhecer no ano passado neste mesmo salão, até à versátil Himalayan, com três novas cores: Rock Red, Lake Blue e Gravel Grey.

Os entusiastas puderam explorar toda a gama de acessórios originais num stand com mais de 200 metros quadrados, juntamente com a coleção de roupa da marca. As motos Royal Enfield também estiveram disponíveis para testes de condução na zona Moto Live dentro da feira.

Arun Gopal, Chefe de Negócios Internacionais para a Europa, Médio Oriente e África (EMEA), declarou: “a EICMA continua a ser um evento imprescindível para que a Royal Enfield apresente nesta montra as inovações da marca dirigidas aos mercados internacionais. Temos feito um percurso emocionante durante os últimos anos, e acreditamos estar bem preparados para fazer crescer o segmento das motos de média cilindrada a nível mundial. Investimos nas nossas capacidades e na construção de um ecossistema de estilo de vida puro no motociclismo, através de acessórios e roupa, roteiros, eventos e outros novos formatos. Através dos nossos produtos versáteis e sugestivos, estamos muito bem posicionados para fazer crescer o mercado das motos de lazer em todo o Mundo. As nossas motos e personalizações representam a nossa viagem e, por sua vez, os tempos emocionantes que nos esperam”.

A gama apresentada na EICMA 2019 no stand da Royal Enfield incluiu:

Bullet Trials: a nova Bullet Trials 500 é um tributo ao legado da Bullet Trials da Royal Enfield, que mudou os cânones do motociclismo com o seu desenho peculiar, conquistando diversos campeonatos de Trial durante as décadas de ’40 e ’50 com os pilotos oficiais da Royal Enfield, ajudando a reforçar a fama da Bullet no que respeita à sua robustez e fiabilidade.

Interceptor INT 650: trata-se de uma deliciosa roadster clássica-moderna que nos remete para a época das bicilíndricas da Royal Enfield na década de ’60, através do seu depósito em forma de lágrima com encaixe para os joelhos, assento duplo almofadado e confortável, e um guiador largo e reforçado que faz recordar o estilo das scramblers que surgiram na Califórnia nos anos sessenta. A sua posição de condução cómoda e dominante torna a Interceptor numa moto divertida e prática para todo o tipo de terrenos, desde as estradas sinuosas até à selva urbana, para sair da cidade a dois ou para passear até à praia.

Continental GT 650: é uma autêntica café racer que oferece muita diversão. A Continental GT 650 é especialmente atrativa para os condutores mais desportivos, com o seu assento individual opcional, depósito de combustível esculpido, poisa-pés recuados e avanços com estilo de competição, tudo isto desenhado de forma ergonómica para se rodar comodamente na cidade, autoestrada ou em estradas de montanha sinuosas onde esta moto ganha realmente vida.

Classic 500: a Royal Enfield conta com esta família de motos que combina o estilo clássico com componentes atuais que elevam a sua imagem retro a uma posição muito cobiçada. Esta motos combinam potência, baixo consumo de combustível, fiabilidade e um estilo simples, mas notável, do pós-guerra. A destacar neste modelo o famoso som do seu motor, que chama a atenção por onde passa, e o depósito de combustível decorado com grafismos característicos do período do pós-guerra que lhe conferem esse aspeto ‘vintage’.

Himalayan: a moto mais versátil da marca representa o culminar de 60 anos de história e de design. A Himalayan abre o caminho para um novo género de turismo de aventura mais puro, sem extremismos e muito acessível. As suas capacidades off-road tornam-na extremamente capaz e ideal tanto para conduzir através de selvas urbanas cheias de irregularidades como em traiçoeiros trilhos de montanha.

Bullet: o emblemático modelo lançado em 1932 é a moto mais antiga do Mundo que se encontra ainda produção contínua. Uma moto com um desenho intemporal e icónico, que conserva o aspeto tradicional durante mais de oito décadas, mas que está agora equipada com modernos avanços de engenharia. A icónica Bullet conserva a mesma pintura clássica com listas desenhadas à mão, disponível em negro-prata, verde-ouro e cinzento com listas laranjas, todas elas acompanhadas por um acabamento prateado.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!