Brixton Cromwell 1200, uma clássica moderna’ fácil

By on 29 Novembro, 2021

Com uma linha retro e 1222cc no motor, a nova Cromwell 1200 surge verdadeiramente apetecível, agradável e fácil de dosear. O nível de equipamento é elevado.

Sabia-se que o grupo KSR através da sua marca “neo-retro” Brixton tinha em projeto um protótipo de 1200cc, na altura ainda sem nome. Ou seja, depois da Crossfire 500 de aparência moderna, a marca pretendia desafiar as melhores ‘modernas clássicas… Agora, dois anos depois, a marca formaliza a versão de produção da Cromwell 1200.

Esteticamente muito próxima do que havia sido visto no concept de 2019, com um farol redondo, depósito em forma de lágrima, amortecedor duplo traseiro e uma forquilha com foles… respeitando em absoluto o código das ‘modernas clássicas’.

O seu coração é um bicilíndrico em linha de grande cilindrada (1222cc), de 4 tempos refrigeração líquida e com uma injeção eletrónica Magnetti Marelli que atende ao padrão Euro5. A potência oferecida é de 82 cv @ 6.500 rpm e o binário de 108 Nm @ 3.500 rpm.

Com uma distância entre eixos de 1.450 mm, um peso anunciado de 235 kg e assento a 800 mm de altura do solo, a Cromwell 1200 tem uma forquilha convencional, roda dianteira de 18 polegadas e dois amortecedores traseiros que são fornecidos pela KYB. O nível de equipamento é bastante elevado, visto que surge equipada com travões Nissin , ABS Bosch, pneus Pirelli, instrumentação TFT, iluminação LED, mas também vários sistemas de assistência como controlo de tracção, controlo de cruzeiro e dois modos de condução.

A Brixton Cromwell 1200 deverá chegar ao mercado em três cores (preto, cinza e verde), esperando-se que isso venha a suceder no primeiro trimestre de 2022.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments