Harley-Davidson HD 350 mais perto da conclusão e com ligeiras alterações

By on 13 Julho, 2020

JÁ SE SABE HÁ MUITO, QUE A HARLEY-DAVIDSON ESTÁ A DESENVOLVER UM NOVO MODELO DE PEQUENA CILINDRADA EM PARCERIA COM A CHINESA QIANJIANG. MAS O LANÇAMENTO ESTÁ ATRASADO.

Atrasado o lançamento devido à pandemia, sinais da indústria asiática dão conta que a HD 350 está cada vez mais perto de entrar em produção, tudo apontando para a data de lançamento só aconteça em 2021. 

Se o antigo Director Executivo da Harley, Matt Levatich, tinha apontado uma previsão de lançamento da pequena naked de Milwaukee ainda este ano, com a crise sanitária do COVID-19 a atrasar praticamente todos os lançamentos de novos modelos, as probabilidades são de que a pequena HD apenas surja no mercado para o ano que vem, e com algumas mudanças subtis nas suas especificações, especialmente ao nível da unidade motriz.  

O principal aspecto que aponta para uma data de lançamento em 2021 é uma pequena alteração na especificação do motor da moto, inicialmente planeada para surgir com um motor de 338cc. A moto, recordemos, está a ser construída pela Qianjiang Motorcycle Co. (QJ), a mesma empresa que fabrica a gama de motos Benelli.

A base ciclística da futura HD 350 será muito semelhante à da nova Benelli TNT 300, mas com um ligeiro acréscimo de cilindrada no motor para se adaptar à norma Euro 5

A QJ acaba de anunciar a sua TNT 300, com o nome de código QJ350-13. Esta moto, (foto acima), é visualmente idêntica à versão da Harley-Davidson, com o quadro, braço oscilante, suspensão, travões, e motor de aspeto idêntico. O que é diferente é que a TNT 300 usa uma unidade de 353cc e não a unidade de 338cc do motor de cilindros paralelos que inicialmente estava previsto para equipar a HD 350.

Embora uma pequena mudança na capacidade a partir do exterior pareça uma pequena mudança, é altamente improvável que a QJ desenvolva uma 338cc e uma 353cc e combine as duas unidades na mesma linha de produção para duas marcas diferentes. O mais provável é que a maior cilindrada sirva para ajudar a pequena Harley a ultrapassar não só o último lote de regulamentos sobre emissões, mas também um aumento suficiente para ultrapassar o que o futuro pode reservar.

É verdade que os fabricantes não sabem exactamente o que os legisladores de energia têm em mente para o futuro a médio/longo prazo no que concerne aos regulamentos de emissões de veículos, embora tenham uma ideia bastante boa do que está para chegar a curto prazo.

Aumentar a capacidade do motor, mesmo apenas num pequena quantidade, pode ajudar a HD 350 a viver durante vários anos. E não esqueçamos: se o motor anterior tivesse esse tipo de longevidade e espaço de desenvolvimento, eles não o teriam alterado nesta fase tardia.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x