Husqvarna – Produção da e-scooter adiada para 2022

By on 8 Março, 2021

Com chegada inicialmente prevista para este ano, embora a e-scooter devesse ser apresentada ainda em 2021, surgem agora rumores sobre um possível. As causas apontadas para o atraso na produção são o coronavírus e a falta de chips semicondutores.

Uma das marcas mais importantes em termos de soluções dedicadas ao todo-o-terreno está a tentar redirecionar a sua produção para o sector eléctrico.

A Husqvarna, de facto, além de estar concentrada no desenvolvimento da E-Pilen – uma moto eléctrica completa prevista para estrear em Março de 2022 – parece também estar a trabalhar para produzir uma scooter eléctrica desenvolvida em colaboração com a Bajaj.

ADIADA PARA 2022

A confirmação vem da Pierer Mobility – empresa proprietária das ações do fabricante sueco de motociclos – que reportou que o lançamento da primeira scooter eléctrica da Husqvarna será transferido, com toda a probabilidade, para o próximo ano de 2022.

Ignorando as causas, embora alguns rumores apontem como causas o coronavirus e a escassez no mercado de chips semicondutores – componentes que estão a limitar fortemente o crescimento de muitas indústrias que utilizam estes chips para os seus desenvolvimentos tecnológicos, automóvel incluídos – estão na origem deste atraso na produção.

O modelo será baseado numa plataforma especificamente desenvolvida pela Bajaj. A base mecânica será em tudo semelhante (se não a mesma) à empregue nos modelos Chetak do gigante indiano. No entanto, embora ainda não tenhamos muita informação sobre motores e base estrutural da nova e-scooter Husqvarna – cujas linhas podem ser vistas no esboço que circula na web – terá certamente um desenho muito distante da sua prima indiano, com linhas muito quadradas e minimalistas.

Em termos motrizes, e visto que a KTM já usa o nome “PowerPack” para se referir à bateria amovível e permutável usada na Freeride E-XC (foto acima) isto pode significar que a e-Pilen da Husqvarna também terá uma bateria intercambiável.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments