Joy E-Bike traz 4 novos modelos de uma só vez

By on 28 Abril, 2021

A Joy E-Bike é o primeiro e único fabricante de motos da Índia que usa apenas o motor elétrico como propulsor. 

A Joy E-Bike faz parte do Wardwizard Group, que continua a ter a Vyom, um fabricante de eletrodomésticos ecológicos sob a sua alçada. Não sendo uma empresa típica de mobilidade, talvez o mais interessante seja saber que de imediato está a expandir o seu portfólio de duas rodas de dois para seis modelos, que funcionam à base de baterias de íons.

Beast, Skyline, Hurricane e Thunderbolt

As duas motos Monster e E-Monster de 12 polegadas com 250 watts e 1,5 quilowatts de potência de acionamento, juntam-se agora a quatro novos modelos que podem ser chamados de motos com pneus de 17 polegadas. A base técnica é a mesma para todas as quatro motos novas.

Uma bateria de 72 amperes (Ah) comanda o motor elétrico situado no cubo da roda com 5 kW e 230 Nm de binário, o que permite a cada uma das quatro Joys E-Bike pesar pouco mais de 120 kg, tem uma autonomia de 110 km e uma velocidade máxima de 90 km/h. Visualmente, a tecnologia estende-se através de diferentes visuais, desde a naked Hurricane à streetfighter Beast ou à supersport Thunderbolt.

A Joy Bike e o mundo

Atualmente o fabricante Asiático tem seis motos mais duas scooters apenas na Índia, o que faz todo o sentido em vista do tamanho do mercado. Por outro lado, a fabricante admite que vendeu apenas cerca de 3.000 veículos desde 2018. Uma expansão para a Europa provavelmente não é iminente no momento, mas com motociclos comercializados a cerca de  2.500 euros, o seu sucesso poderia ser imediato. 

Já no que se refere a performances, claramente os 90 km/h e 110 km anunciados também não serão números muito apetecíveis para os perfis de condução europeus, mas em cidades indianas esse desempenho é mais do que suficiente.

GALERIA DE IMAGENS

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments