Kawasaki continua com a produção da ZX-6R

By on 5 Maio, 2022

A Kawasaki ZX-6R que já não se encontra no catálogo em Portugal, onde foi substituida pela Ninja 650 de dois cilindros paralelos, mas continua a ser produzida em Akashi e comercializada com grande sucesso nos Estados Unidos.  

Apesar da tendência global para o afastamento dos motores de quatro cilindros em linha e 600cc (por exp., a Yamaha R6 é atualmente vendida apenas para uso em circuitos) por troca com motores de 2 cilindros paralelos, a marca de Akashi segue fiel à velha fórmula, tanto que a Kawasaki ZX-6R, também conhecida como Ninja, permanece em produção durante 2023 para os EUA!

A supersport continua a ser impulsionada por um motor ‘4 em linha’ com 636cc que desenvolve um rendimento máximo de mais de 125 cv. Tendo em atenção este valor, não faz o mínimo sentido compará-lo com os indicadores de potência das mais recentes desportivas, tais como a  Yamaha YZF-R7 que “revivificada” pode gabar-se de apenas 74 cavalos de potência.

O motor da Kawasaki ZX-6R – sim, a mesma que continua a lutar pelos lugares da frente no Mundial de Supersport! – está colocado num quadro diagonal de alumínio, e o “shifter” e o mono amortecedor Showa permitem ao piloto ajustar o trabalho de suspensão com a maior precisão possível, tanto para a pista como para a cidade. Os travões são monoblocos radiais Nissin de quatro pistões que mordem discos de 310mm. O nível de sofisiticação electrónica da “Ninja” corresponde às possibilidades do motor e da marcha: uma escolha de modos de potência, controlo de tracção ajustável e ABS, quickshifter…

A Kawasaki ZX-6R continua a ser vendida nos Estados Unidos por um valor de 10,699 dólares, o equivalente a 10.177 euros e com o curioso slogan ‘Rule The Track, Run The Streets’. Por cá a Ninja 650 tem um PVP de 8150 euros e apenas 68 cv de potência… Como o nosso mundo é diferente!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments