KAWASAKI Z H2 de 2020 – Tecnologia sobrealimentada H2 em formato NAKED

By on 22 Janeiro, 2020

Toda a tecnologia desenvolvida pela Kawasaki para as suas hiperdesportivas H2 e H2R foi agora configurada para uma nova moto do segmento naked a Z H2. O seu motor tetracilíndrico de 1000cc sobrealimentado atinge os 200 cv de potência máxima o que a convertem na Z mais potente da história. Conta também com embraiagem deslizante e caixa de velocidades do tipo “Dog Ring”.

O novo chassi multitubular foi pensado para proporcionar manobrabilidade a baixas velocidades e estabilidade nas altas velocidades.  A travagem está confiada obviamente a tecnologia da Brembo com pinças M4.32 e as suspensões invertidas são Showa SFF-BP e um mono-amortecedor também da Showa montado sobre o braço oscilante que é idêntico ao da ZX-10R.

Apesar da brutalidade aparente da sua potência a Z H2 é uma moto fácil de pilotar, muito progressiva e com um tacto dócil e inclui todo o tipo de ajudas electrónicas à condução :

  • Quickshift nos 2 sentidos
  • Cruise control
  • Nova unidade de controle de inércia IMU da Bosch
  • Controle de tração KTRC
  • Gestão em curva KCMF
  • Modos de condução Street, Road, Sport e Ryder ( personalizável )
  • Modos de motor Full, Middle e Low
  • Sistema de anti bloqueio de travões KIBS
  • Controle de arranque KLCM
  • Controle anti-cavalinho
  • Luzes LED
  • Painel de informação TFT a cores
  • Conectividade via Bluetooth e App Rideology da Kawasaki

As suas linhas denotam de imediato o ADN das Zs, onde uma frente assimétrica devido a uma entrada de ar colocada no lado esquerdo, revela o motor sobrealimentado. A nova Z H2 está disponível em 3 opções de cor:

Galeria de Imagens

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!