KTM 125 Duke / 390 Duke: Desempenho máximo em qualquer lugar

By on 12 Janeiro, 2021

Para quem procura uma KTM Duke sem ser em tamanho XXL, a marca austríaca apresentou hoje as novas 125 Duke e 390 Duke 2021. Ambas são compatíveis com a Euro 5, carregam a estética forte e agressiva da ‘duquesa’ rainha 1290 Super Duke, são úteis no uso diário e no fim-de-semana.

Podemos considerar ambas as ideais seja para as voltinhas do fim-de-semana como para enfrentar sem problemas a selva urbana durante a semana com extrema facilidade e liberdade de movimento. Depois da maior 1290 Super Duke R aprimorar as suas linhas, e do surgimento da marca de Mattigofhen atualizar duas das motos que são o melhor passaporte para a emoção e a mobilidade, completando a sua linha de motos naked para 2021.

KTM 125 DUKE

A 125 Duke representa força em forma pequena, mas poderosa e direta, ideal para a circulação no dia-a-dia, com muita personalidade e marcando a diferença. Os jovens assim como recentes encartados que pela primeira vez querem sentir a sensação única de identidade que todos os motociclistas conhecem vão decerto apreciá-la. Seja na cidade ou fugindo da rotina diária, a Duke oitavo de litro emprega muitas das qualidades das suas irmãs mais velhas.

O seu motor de injeção leve e compacto – agora com homologação Euro 5 – desenvolve 15 cv (11 kW) para poder conduzi-la com licença A1 graças à sua injeção eletrónica de última geração. Anunciada com um consumo reduzido, conta com um depósito de 13,4 litros que permite uma autonomia de cerca de 300 km.

Com uma ciclística ágil e baixa a favorecer a centralização de massa adota uma forquilha WP invertida e um amortecedor de pré-carga da mola ajustável, contando ainda com bons recursos no sistema de travagem: pinças BYBRE com discos dianteiros de 300 mm e traseiros de 230 mm com ABS de canal duplo. As rodas são de liga leve de 17 polegadas, contando ainda com uma gama de componentes de atualização KTM PowerParts.

Na vertente estética a 125 Duke está mais atraente do que nunca com duas combinações de cores diferentes: uma elegante cor cinza que contrasta com o quadro multitubular laranja e o perfil desportivo do silenciador. Funcional e atraente, quem a veja de relance facilmente a pode confundir com as suas irmãs mais velhas.

KTM 390 DUKE

Aqueles com mais experiência ou que procurem uma campeã das curvas, encontram na 390 Duke a sua alma gémea. Conduzir com ela na cidade, vias rápidas e em estreitas estrada secundárias é muito fácil: um verdadeiro sonho para o titular da licença A2, ou para quem simplesmente deseja voltar sempre com um sorriso no rosto após as suas deslocações diárias.

O 390 Duke apresenta uma relação potência-peso invejável na sua classe. O seu motor homologado com Euro 5 desenvolve 44 cavalos (32 kW) deslocando um peso seco total de menos de 150 kg. O sistema de acelerador ride-by-wire, os corpos de injeção de 46 mm e a  embraiagem deslizante permitem gerenciar de forma simples e eficaz a entrega de potência, enquanto o depósito de 13,4 litros garante que a diversão dure por muitos quilómetros.

Além disso, para 2021, o Quickshifter + opcional, permite tirar maior prazer da condução, onde pudemos ainda tirar proveito do ABS que gere o sistema de travagem BYBRE, acionando por exemplo o novo modo Supermoto que pode ser ativado no grande ecrã TFT da instrumentação. A travagem conta com os melhores componentes de Mattighofen, como seja a forquilha WP Suspension com tecnologia de cartucho aberto e atrás o amortecedor ajustável de 150 mm.

Tal como a 125cc a Duke 390 aparenta várias semelhanças com as Duke de maior capacidade. A combinação de formas e texturas do tanque, o quadro treliça em laranja e sub-quadro, em conjunto com a máscara frontal com ótica frontal de LED, assim como o assento do condutor perfeitamente integrado, vão tocar a alma daqueles que apreciam a pilotagem lúdica, numa moto com presença e também muito adequada ao quotidiano.

As cores disponíveis são duas na KTM Duke 125, depósito preto com tampas laterais em cinza, ou depósito preto com tampas em preto mate, ambas com o quadro cor de laranja. A KTM Duke 390 também conta com duas opções distintas: tampas laterais em cinzento com quadro e rodas cor de laranja, ou tampas brancas com quadro preto, rodas pretas e sub-quadro pintado em branco.

Adriaan Sinke, Diretor de Gestão de Produtos KTM

 “Estamos muito orgulhosos da linha Duke, porque sabemos que as motos são capazes de oferecer grandes quantidades de desempenho e prazer de condução, combinados com uma fantástica relação custo-benefício.

Acreditamos que a 125 Duke é uma referência absoluta na sua classe e os jovens pilotos não encontrarão nada mais emocionante sobre duas rodas. A 390 Duke pode ser vista como o próximo passo em frente, as suas características técnicas falam por si. Atualizar o visual e o estilo da gama Duke foi um passo importante para nós e estamos convencidos de que atingimos o nosso objetivo. “

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments