Mais informações sobre a próxima Triumph Speed Triple

By on 14 Agosto, 2020

AINDA TRIPLA MAS MAIS VELOZ. ESTA PARECE SER PROMESSA DA PRÓXIMA ROADSTER DA TRIUMPH, UM PROTÓTIPO DO QUAL ACABOU DE SER APANHADO NA FASE DE TESTES.

Quando é que a Triumph vai virar a página sobre o bom e velho motor 1050 cc, que ainda é muito bom na Speed Triple, mas pesado, e não suficientemente poderoso para se aguentar contra uma concorrência cada vez mais feroz? Esta é pergunta mais feita pelos fãs da moto britânica de três cilindros, uma questão que parece ter solução à vista desde Julho quando surgiram as primeiras fotos de um protótipo em teste dinâmico.

Mas quando irá chegar ao mercado a nova Speed Triple?

Provavelmente 2021. Porquê? Porque este protótipo, visivelmente alterado em termos de design, tem um motor cujas peças fundidas não são as do atual motor de três cilindros, utilizado pela marca desde… 2004. Então, um novo 1000 cm3, mais leve, mais enérgico a curvar, com mais alongamento? Esta hipótese não é obviamente a hipótese correcta.

A imprensa inglesa, sempre muito bem informada quando se trata de projetos Triumph, aposta numa moto de 1200 cc, diferente da enorme Tiger 1200 de aventura e capaz de produzir pelo menos 175 cv, 25 a mais do que o modelo atual. Em comparação com os 208 cv de uma Ducati Streetfighter V4, este nível de potência (especulativo por agora) parece certamente bastante razoável.

A isto ser verdade, indica que a Triumph não quer entrar nos excessos de uma categoria hiperstreet, onde um punhado muito pequeno de motos (Ducati Streetfighter, MV Agusta Brutale, Kawasaki Z H2) batem-se pelos valores de potência. A ciclística do protótipo corrobora esta hipótese: sem barbatanas aéreas nos lados da máquina. A pureza do estilo original é respeitada (braços simples, desenho da estrutura) mesmo que se possam detectar algumas evoluções como o escape instalado em posição baixa (para centralização de massa) ou a fixação do amortecedor traseiro (modificado para provavelmente deixar mais espaço para o catalisador).

Outras evoluções são naturalmente de esperar nesta geração da Speed Triple, começando com a electrónica ainda mais avançada. O que se pode notar é a muito agradável frente, combinando um garfo Öhlins invertido com pinças de travão Brembo Stylema. Um sinal claro de que uma versão “RS” topo de gama está em projeto.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x