Norton: Nova fábrica de Solihull inicia produção da Commando

By on 16 Maio, 2021

A nova fábrica do Midlands da Norton está a tomar forma com vários modelos da anterior gestão já ser construídos, de forma a cumprir o que Stuart Garner deixou por fazer, a entrega de motos a clientes que pagaram as suas motos mas na realidade nunca as viram. “Isto será crucial para restabelecer a confiança dos nossos clientes”, afirmou o atual CEO John Russell. 

Apesar das restrições da Covid afetarem o desenvolvimento da nova fábrica em Solihull, e depois de comprada há um ano pelo gigante indiano TVS por 16 milhões de libras – cerca de 18 milhões e meio de euros – a nova fábrica já tem neste momento 110 trabalhadores e está a laborar quase a cinquenta por cento da sua capacidade. 

A fábrica tem 7000m2 de espaço coberto, contando com uma grande área de fabricação com capacidade para construir até 8000 motos por ano. Há também gabinetes de design, um escritório de engenharia e uma instalação de serviços. Atualmente está a ser produzida a desportiva Comando e o CEO interino John Russell, afirma que os motores V4 já estão no banco de ensaio. 

70 PEDIDOS POR CUMPRIR

Existem cerca de 70 pedidos para a V4 topo de gama e, em seguida, mais 80 serão construídas para aumentar o número total de V4s para 200, que era o plano da antiga empresa. Estes serão homologados via Aprovação de Veículo Único. O Norton diz que quaisquer V4s futuros passarão então pelo processo de homologação completa (Euro 5).

A empresa também ainda está a desenvolver os modelos Atlas 650 e vê este modelo com grande esperança para despoletar as vendas… O motor de dois cilindros já foi visto na Zongshen Cyclone RX6.

Além disso, a nova gestão da Norton considera o regresso à competição, manifestando o desejo de voltar às corridas de estrada do Tourist Trophy tão célebre em Inglaterra, pretendendo com isso para desenvolver o motor de 650cc – algo que ainda vem do tempo da antiga empresa com sede em Donington.

Russell, afirmou a propósito à publicação britânica MCN: “Os planos estão a avançar a bom ritmo e fizemos progressos notáveis na construção da fábricas à luz das restrições que cumprimos integralmente, para garantir que todos sejam mantidos seguros durante a pandemia Covid-19 em curso.”

“A construção de motos nas novas instalações começou no início deste ano para honrar as encomendas pré-existentes para clientes que depositaram o seu dinheiro na empresa antes da chegada da TVS, mas que na realidade nunca as receberam. Vamos dar cumprimento a essas ordens de entrega como um dos primeiros passos fundamentais para reconstruir a confiança do cliente. O nosso  plano é abrir oficialmente esta nova fábrica nos próximos meses, e estamos numa trajetória muito positiva para continuar a construir motos na mais avançada fábrica que a Norton já teve até hoje.”

MUDANÇA DE CHEFES NA NORTON

Russell deixará o cargo de CEO interino do Norton para dar lugar ao Dr. Robert Hentschel, que se junta à empresa britânica vindo da Valmet Automotive. Uma nova função de Chief Technical Officer também foi criada e será preenchida por Vittorio Urcioli, cujo currículo inclui funções anteriores como Head of Powertrain na Lotus Cars e Líder de Projetos na Ferrari e Aprilia Racing. 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments