Nova scooter GT da Daelim XQ2 300

By on 25 Novembro, 2019

Após o êxito da scooter Grande Turismo XQ1 de 125 cc, a marca coreana Daelim acaba de comercializar a versão XQ2 300 dirigida aos utilizadores com carta de condução A2/A que procuram um veículo prático para combinar as deslocações na cidade com percursos em autoestrada a velocidades desafogadas, tudo isto acompanhado com um elevado nível de equipamento Premium, alta tecnologia, estética refinada e um preço de aquisição muito acessível.

A Daelim XQ1 125 foi uma revolução no mercado no segmento das scooters de Grande Turismo aptas para serem conduzidas com carta de automóvel. Aquela que era, até agora, a mais recente novidade da marca coreana não só demonstrou uma elevada robustez e fiabilidade mecânica, num recente teste de longa duração de 10.000 km feito por um meio de comunicação, mas também é muito atrativa, com a sua estética ao gosto europeu, um comportamento seguro e nobre e alto nível de equipamento, que a situa na exclusiva categoria Premium das scooters GT.

Agora, a Daelim acaba de anunciar a esperada versão de maior cilindrada, a XQ2 300. O novo modelo partilha com a XQ1 o mesmo quadro sobredimensionado e a estética, sendo agora movido por uma mecânica de última geração, refrigerada por líquido e com cabeça de 4 válvulas acionadas por dupla árvore de cames (DOHC), que duplica os registos de potência e binário das 125 cc, até aos 23,5 cv às 7.750 rpm e 22,72 Nm às 6.250 rpm, respetivamente. Obviamente que este substancial aumento de rendimento irá repercutir-se em prestações mais elevadas, para rodar longos quilómetros por estradas e autoestradas com a total estabilidade proporcionada pelas suas rodas de 15 e 14 polegadas (medidas muito similares à das scooters de “roda alta”), sem perder a manobrabilidade e agilidade no tráfego urbano características do modelo de 125 cc.

Ao contrário do que sucede com a XQ1 (que tem uma versão de plataforma plana), esta XQ2 disponibiliza-se apenas com o túnel central, com uma altura do assento muito contida, abaixo dos 80 cm (exatamente 790 mm), que permite a praticamente todas as estaturas chegar ao solo com ambas as plantas dos pés, posicionando-se como o modelo GT de cilindrada média com um assento que conta com a cota mais baixa do mercado. Isto não significa que a XQ2 300 não seja a mais indicada para aqueles de maior estatura: pelo contrário, já que a sua grande envergadura (2.178 mm de comprimento) traduz-se numa posição de condução ampla e com grande habitabilidade que, além do mais, permite uma segunda posição de condução mais descontraída, com as pernas esticadas (tipo “custom”) para rodar em estrada.

As últimas novidades tecnológicas estão presentes na nova XQ2 300. Assim, a Daelim volta a empregar o sistema de chave inteligente (foi a primeira marca a introduzi-la numa scooter desta categoria) que permite ligar o veículo sem tirar a chave do bolso nem tirar as luvas das mãos, apenas ao acercar-se do raio de ação da XQ2. A tecnologia de iluminação LED é igualmente empregue na XQ2, recorrendo a uma dupla ótica no farol frontal de alta intensidade, baixo consumo elétrico e elevada durabilidade; os díodos de LED também se encontram agrupados por matrizes nos quatro piscas e mediante guias luminosas no farolim traseiro/luz de travão. Também integra o pacote eletrónico da XQ2 300 um modulador de ABS de dois canais independentes desenvolvido pela empresa alemã Bosch (última geração 9.1M) aplicado aos seus travões de disco de 270 e 220 mm (ambos com pinças de pistão duplo) para aumentar a segurança ativa do veículo, evitando o bloqueio de ambas as rodas em travagem, sobretudo em pisos de baixa aderência.

O condutor da Daelim XQ2 300 estará muito bem informado, graças a um painel que reúne um mostrador com velocímetro analógico integrado num grande ecrã LCD que inclui gráficos de nível de combustível e conta-rotações, conta-quilómetros total e parcial (em simultâneo), relógio e temperatura do motor, para além de cinco luzes avisadoras. Com pormenor distintivo, a cor de fundo da retroiluminação do ecrã pode ser alternada a partir de uma paleta de 7 cores.

O seu equipamento é muito completo, muito acima de outros modelos GT de média cilindrada. Neste sentido vale a pena destacar a dupla dotação de descanso central e lateral (este último com interruptor de corte de ignição quando é acionado), piscas de emergência (“Warning”), luz de presença no espaço principal de carga sob o assento, dupla entrada USB no interior do porta-luvas lateral e manetes de travão reguláveis em amplitude (4 posições), para se adaptarem à ergonomia do seu condutor.

A capacidade de carga também é um ponto forte. Debaixo do seu cómodo assento de dois níveis cabe um capacete integral e mais algumas coisas, dispondo de um hidráulico que o mantém aberto e uma cobertura de veludo no fundo para proteger o conteúdo, com a iluminação interior já mencionada. Este amplo espaço é complementado por um porta-luvas lateral (sem proteção de fechadura) para esvaziar os bolsos o carregar em marcha um telemóvel empregando as tomadas USB, e um segundo porta-luvas central com fechadura, que integra a abertura mecânica do assento e um interruptor especial para utilizar em zonas de inibidores quando falhe a chave inteligente.

Opcionalmente, pode-se acrescentar uma top-case da marca Shad de 39 litros de capacidade e tampa superior condizente com a cor da moto; o kit inclui as diversas fixações a um preço especial de 223 € (IVA incluído), apenas nos pontos de venda autorizados Daelim.

Todo este longo elenco de virtudes culmina com um preço de aquisição especial de lançamento muito acessível de 3.795€ (IVA incluído), disponível nos 125 pontos de vendas autorizados distribuídos por Portugal e Espanha, o que a converte na scooter GT de média cilindrada com melhor relação preço/qualidade do mercado.

A nova XQ2 300 está disponível em duas cores: Vermelho e Cinzento Metalizado.

Ficha Técnica

MOTOR
TipoMonocilíndrico 4T refrigerado por líquido
Diâmetro x curso73 x 59 mm
Cilindrada247,1 cc
Taxa de compressão11:1
Potência máxima23,6 CV a 7.750 rpm
Binário máximo22,72 Nm a 6.250 rpm
DistribuiçãoDOHC 4 válvulas
HomologaçãoEuro 4
Emissões CO262 gr/km
EmbraiagemAutomática centrífuga a seco
CaixaAutomática por variador
Transmissão secundáriaTrem de engrenagens em duas etapas
ArranqueElétrico
CICLÍSTICA
QuadroMultitubular em aço
Suspensão dianteiraForquilha telescópica hidráulica de 35mm
Curso da suspensão dianteira110 mm
Suspensão traseiraDuplo amortecedor hidráulico com ajuste de pré-carga da mola
Curso da suspensão traseira70 mm
Travão dianteiroDisco 270 mm com pinça de pistão duplo (ABS)
Travão traseiroDisco 220 mm com pinça de pistão duplo (ABS)
Pneu dianteiro120/70-15’’
Pneu traseiro140/60-14’’
PESO E DIMENSÕES
Capacidade do depósito de combustível12 litros
Consumo em testes de homologação2,6 l/100 km
Peso em ordem de marcha187 kg
Comprimento máximo2.178 mm
Largura máxima726 mm
Altura máxima1.404 mm
Distância entre eixos1.545 mm
Distância livre ao solo130 mm
Altura do assento790 mm
Bateria12 V 10 Ah

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!