Poderá ser esta a próxima geração de Hyper Nakeds da Honda ?

By on 25 Maio, 2020

Os ilustradores da Kardesign Koncepts dizem que poderá ser algo próximo da sua visão em 3D aqui ilustrada daquela virá a ser a próxima CB1000RR.

Tal como tantas outras marcas, sobretudo as italianas Ducati, Aprilia e MV Agusta, temos visto que paralelamente aos seus HyperSport  nascem versões Naked de potência muito semelhante e que usufruem directamente das ciclísticas e motorizações das suas irmãs Hyper desportivas. É o caso por exemplo da nova Ducati StreetFighter V4, da Aprilia Tuono V4 factory e também da MV Agusta Rush 1000… todas motos com potências a rondar os 200 cv e de estética muito agressiva, derivada directamente das versões desportivas, como se as mesmas se “despissem” para agradar a aqueles que gostam mais de as ver belas e nuas.

Honda CBR1000R-R de 2021 by Kardesign Koncepts

Ora a Honda seguiu uma estratégia semelhante embora diferente na sua estética pois fez alinhar a sua Hypernaked CB1000R com a estética apelidade de Neo Sports Café que define um conceito que combina modernidade e vanguardismo com pormenores de inspiração clássica ou vintage. Aliás em torno deste conceito próprio a Honda desenvolveu toda uma gama de motos que vai dos 125cc até aos 1000cc passando pelos modelos de 300cc e 650cc.

Honda CB1000R de 2020 – Modelo actual “Neo Sports Cafe “

Se por um lado os modelos de menor cilindrada encontraram algum sucesso comercial o certo é que a impressionantemente bela CB1000R não acompanhou os mesmo resultados e o êxito das versões de menor cilindrada.

Parece por isso ser que o mercado no que toca motos Naked de alta cilindrada as quer mais ao estilo agressivo das verdadeiras Streetfighters ( designação com que a Ducati registou e apelidou a sua própria moto )   e com tudo o que possa existir de mais sofisticado em termos de motor, ciclística e controle electrónico.

Honda CBR1000RR-R de 2020

A nova Honda CBR1000RR-R vem definir uma nova estratégia nas superdesportivas da Honda onde até ao momento a Fireblade, símbolo máximo das desportivas da marca, privilegiava alguma facilidade e docilidade da sua desportiva para que a mesma pudesse ser utilizada todos os dias em deterioro de uma moto realmente super desportiva com especial desempenho em pista, que é o novo conceito que as novas CBR1000RR-R carregam agora consigo: Primeiro foco no desempenho em pista e depois logo se pensará numa possível utilização no dia a dia.

Honda CBR1000R-R 3D da Kardesign – Versão com escape em baixo

E nesse contexto o que melhor poderia complementar uma nova CBR1000RR-R Fireblade especialmente dotada para vencer nos circuitos do que uma Versão Fireblade Naked ? levando consigo as mesmas cores e mostrando de forma arrojada os seus interiores…

É essa a visão do Atelier Kardesign Koncepts e a proposta é colocada em cima da mesa em forma de um impressionante 3D. Modelo que tem por base uma CBR1000RR de 2017, certamente com os mesmos motores de comportamento mais “dócil” de então e com uma ciclística e ajudas electrónicas talvez um pouco menos sofisticadas do que aquelas que vemos agora nas CB1000RR-R de 2020.

Honda CB1000R-R 3D da Kardesign – Versão na cor branca escape alto

Na nossa opinião os dois modelos poderiam caminhar juntos, a versão Neo Sports Café para quem procure um estilo mais retro mas com tecnologia actual  e uma versão Hypernaked de estilo radical Streetfighter com as cores da actual CB1000RR-R passando a ser a versão desportiva naked da mesma e mantendo o conceito de moto para todos os dias e garantindo que o retorno a todo o investimento realizado no desenvolvimento da nova Fireblade pudesse ainda ser mais rapidamente recuperado através de uma segunda moto, mais popular que tirasse partido do desenvolvimento da primeira.

Honda CB1000R-R 3D da Kardesign – Versão tricolor escape alto

A Honda tem fama de marca conservadora no entanto o mercado dita as leis e quem não estiver atento ao mercado pode ter sérios dissabores. Venha uma  nova “Streetfighter” Honda se faz favor…

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!