Sondagem no Reino Unido demonstra que jovens preferem motos elétricas

By on 18 Março, 2021

Uma inquérito de opinião realizado por uma seguradora do Reino Unido, demonstrou que os jovens motociclistas britânicos, sentem-se de facto mais atraídos por motos elétricas – ao contrário da opção dos mais experientes, pelo motor tradicional.

Há quem veja com alguma desconfiança as motos eléctricas, sobretudo os mais experientes, muito ao contrário dos mais novos que se ligaram recentemente às duas rodas. Um recente inquérito, realizado por uma seguradora britânica de motos (BikeSure) relacionado com as opiniões sobre as mobilidade elétrica afirma precisamente o contrário.

VANTAGENS E DESVANTAGENS

Um total de 673 motociclistas participaram no inquérito, e disseram gostar de motos eléctricas pelo seu binário, custos de funcionamento mais baixos, respeito pelo ambiente, tranquilidade e peso relativamente leve. Contudo, há também o outro lado da moeda. Em termos gerais os motociclistas britânicos não gostam mesmo de motos eléctricas. A pouca autonomia, os longos tempos de carregamento, a dificuldade em encontrar bons modelos no mercado de segunda mão, a sensação de condução, custos do seguro, e também o problema de perguntar a alguém como resolver um problema em caso de avaria, foram apontados como desfavoráveis pelos inquiridos sobre a opção elétrica. 

No entanto, este inquérito também mostrou que, ao contrário dos “mais velhos” – ainda relutantes com a nova tecnologia – a maioria dos entusiastas de motociclos e scooters eléctricos são motociclistas jovens. Estes últimos também salientaram que preferem andar de moto elétrica em vez de motos com motores convencionais.

Veremos se os resultados do mercado confirmam essa atitude, mas desde já não nos parece que um boom de eletrificação venha a ter lugar nos tempos mais próximos para as bandas do Reino Unido – apesar da grande aposta do governo de Boris Johnson em ter a eletrificação total até 2035! 

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments