Técnica: A “Arte” de fundir o alumínio na Yamaha

By on 18 Novembro, 2021

Desenvolvidas para a nova MT-09 de 2021, as rodas SpinForged da Yamaha, criaram uma nova e inovadora forma de reduzir o peso através do processo de controle do fluxo de moldagem com que são fabricadas.

Um dos principais impulsionadores que levou ao sucesso da aplicação deste método com uma moto de produção em massa pela primeira vez no mundo, foi o desenvolvimento de uma liga especial de alumínio, adaptada especificamente para a moldagem, formado pelos departamentos de pesquisa de materiais internos da Yamaha.

“Mudar algumas condições pode alterar completamente a forma como o alumínio reage, ou a sua “personalidade”, por assim dizer”, diz Kahori Oshima, da Divisão de Materiais da Yamaha Motor. Ela fala do metal como se estivesse simpaticamente a apresentar um amigo ou um conhecido próximo. “Às vezes pode ser muito sensível, muitas vezes dando-nos zero margem para ajustes.” Apesar desta “personalidade”, o alumínio é um material essencial usado para criar as nossas motos, motores fora de bordo e vários outros produtos Yamaha“.

Desde que entrou para a empresa, Oshima tem trabalhado como investigadora de materiais, especializada em alumínio, e o seu trabalho e descobertas conquistaram elogios e a confiança no desenvolvimento e fabrico de produtos da Yamaha. “Ela é como uma empregada de bar especializada em alumínio e a sua habilidade em fazer estes “cocktails” é algo de que a Yamaha se orgulha muito”, diz o seu superior“.

Trabalhar com alumínio implica controlar cuidadosamente a temperatura do metal fundido em brasa, misturar a combinação secreta de elementos adicionais e, em seguida, tratar termicamente a peça formada para a terminar. A função de Oshima como investigadora é apelar ao seu conhecimento académico, bem como aplicar novas ideias para encontrar o equilíbrio certo entre rigidez e flexibilidade, ao mesmo tempo que procura não só uma força excelente e resistência global, mas também a beleza.

As novas jantes de alumínio equipadas nas últimas MT-09 são maquinadas, utilizando a moldagem e afirmam-se como o destaque da pesquisa de Oshima. Ao desenvolver este modelo, a Yamaha iniciou um novo e ambicioso desafio de extrema redução de peso, impulsionado pela ideia de que, se de alguma forma se conseguir aumentar as características base do alumínio, irá estimular outras inovações a nascer a partir do próprio chão de fábrica. Os departamentos de engenharia e fabricação atiraram-se para o projeto e criaram com sucesso um processo especial de liga de alumínio e tratamento térmico, mesmo que os seus antecessores ainda não o tivessem preparado. Esta combinação permitiu à empresa oferecer as primeiras jantes de motos produzidas por este meio. Chamando-as de jantes SpinForged da Yamaha, cada uma possui apenas 2 mm de espessura (em comparação com os 3,5 mm do modelo anterior) e as jantes dianteiras e traseiras juntas são cerca de 0,7 kg mais leves. A redução de peso está entre as tarefas mais desafiantes do setor e tal sucesso faz com que estas jantes mereçam ser reconhecidas como inovadoras.

A história da Yamaha Motor na fundição

“As nossas raízes na tecnologia de fundição estão nas técnicas usadas para lançar estruturas de piano na Nippon Gakki Co., Ltd. (atual Yamaha Corporation). Estas técnicas foram adaptadas e aplicadas para criar o motor e as peças da primeira moto Yamaha em 1955, a YA-1. Desde então, a Yamaha tem continuado a lançar uma infinidade de peças não só para motores de motos, mas também para chassis, produtos náuticos, motores de automóveis e muito mais – tudo feito na sua própria casa. A capacidade de fundir peças grandes e pequenas e componentes em casa tornou-nos uma raridade entre os fabricantes mundiais de motos.

Produzir as jantes para as nossas motos é um bom exemplo desta nossa capacidade. Além das jantes de alumínio de fundição a vácuo, a Yamaha conseguiu lançar jantes de magnésio para produção em massa com a YZF-R1 em 2015, algo que já se considerou pouco viável para um produto de volume elevado.

As fábricas da Yamaha deram origem a inúmeras tecnologias inovadoras no campo da fundição, desde a nossa tecnologia de fundição de alumínio (CF) controlada, capaz de produzir peças grandes mas finas, até ao nosso cilindro DiASil de alumínio, um pioneiro mundial. Estas conquistas suportam o profundo e há muito sustentado orgulho de que os artesãos da Yamaha têm, acreditando que a experiência de fundição de alumínio da empresa é uma das suas maiores forças e um campo em que deve ser sempre líder.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments