4 razões para o uso do veículo elétrico

By on 14 Fevereiro, 2022

Existem 4 razões objetivas para optar pela escolha de um veículo elétrico. Mas, serão elas suficientes para compensar a menor autonomia ou o preço austronómico de uma bateria após o fim de vida da mesma?

A mobilidade eléctrica tem criado muita agitação nos últimos tempos. Não só existem cada vez mais opções de escolha, como também os governos pressionam cada vez mais para a adopção destas motos silenciosas e limpas. Por outro lado, vão colocando cada vez mais restrições ao uso de motos com motores de combustão, penalizando cada vez mais o seu uso em zonas urbanas e dificultando ao vida aos fabricantes com leis anti-emissões (Euro 5). Encontrámos 4 razões objetivas para o uso do veículo elétrico.

1 – Melhor para o Ambiente

Está é a vantagem mais óbvia. Com mais veículos elétricos na estrada, as emissões nocivas dos veículos ficam sob controlo, e resultam num ambiente mais limpo. Contudo, a fonte de electricidade é um tema discutível, especialmente porque a maior parte dela provém do carvão. Acontece que, mesmo que a fonte não seja de uma fonte renovável, acaba-se por conservar as emissões de CO2. A adopção mais rápida de motos elétricas pelo mercado, terá certamente um impacto positivo no ambiente, uma vez que reduz a dependência dos combustíveis fósseis.

2 – Incentivos dos Governos

Para acelerar a adopção dos veículos eléctricos os governos de vários países dão incentivos fiscais, baixando o valor de compra dos mesmos. Por exemplo na Índia, tanto o governo central como os governos estaduais anunciaram esquemas de incentivos maciços para os compradores. Isto inclui o subsídio FAME-II que atrai benefícios por kwh de capacidade de bateria e subsídios específicos do estado anunciados pelos governos de Maharashtra, Gujarat e Rajasthan.

3 – Manutenção reduzida

Não se poupa apenas dinheiro quando se compra um veículo elétrico (VE), porque na realidade os benefícios prosseguem à medida que os utilizamos. Sem  muitas peças móveis, engrenagens e peças mecânicas complicadas, o custo de manutenção de uma scooter ou moto elétrica  é consideravelmente menor do que o de um veículo ICE (com motor de combustão interna). Na sua manutenção os gastos centram-se apenas na substituição de pastilhas de travão e lubrificação de peças móveis. Para além disso, com o seu veículo elétrico obtém um custo por significativamente reduzido, e com isto irá equilibrar o seu investimento e poupar ainda mais.

4 – Carta de Condução

Pode conduzir sem habilitação legal de condução? Em Portugal, desde que um veículo não ultrapasse os 250 watts e se não atinja uma velocidade máxima de 25 km/h, então esse veículo (elétrico) não precisa de seguro, matrícula e carta de condução. A última revisão do Código da Estrada, em 2013, equiparou vários veículos a velocípedes, entre eles estão as trotinetas elétricas, triciclos elétricos ou as “quase scooters”.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments