As motos ajudam a economia e o ambiente

By on 20 Setembro, 2021

Uma investigação da Oxford Economics encomendada pela ACEM (Associação dos Fabricantes de Motos Europeus), demonstrou que a indústria do motociclismo na UE e no Reino Unido, tem um impacto muito maior sobre o ambiente e a economia do que se possa imaginar.

É verdade que as motos são boas para o ambiente e para a economia europeia? Se algum de vós ainda estiver hesitante, então, de acordo com a investigação conduzida pela Oxford Economics, líder em previsões globais e análise quantitativa, a indústria de motos gera 21,4 mil milhões de PIB, 389.000 empregos e 16,6 mil milhões de euros em receitas fiscais em todo o Velho Continente. Para não mencionar o facto de, de acordo com a investigação, as motos terem um impacto muito menor no ambiente do que os veículos de quatro rodas.

Um sector forte e pujante!

O estudo da Oxford Economics confirma que a mobilidade em motociclos não só oferece vantagens em termos económicos, mas também em termos ambientais, em comparação com outros meios de transporte.

Stefan Pierer, Presidente da ACEM e CEO da KTM AG, afirmou: “O estudo da Oxford Economics mostra que a indústria das motos dá uma valiosa contribuição económica e social para a economia e mobilidade na Europa. Apesar dos recentes desafios como a pandemia de Covid-19 ou um ambiente empresarial internacional difícil, a nossa indústria permanece forte. A indústria das motos continuará a desempenhar um papel positivo em termos de criação de emprego, crescimento económico e mobilidade urbana”.

Vantagens para a economia

De acordo com o relatório encomendado pela ACEM, a indústria das motos na Europa, tem um papel crucial no Velho Continente. Além de gerar um impulso em termos económicos, o impacto médio da frota de duas rodas em toda a Europa é de cerca de 99 gramas de CO2 por km. Por outras palavras, menos de metade dos 210 g de CO2 por km gerados pelos automóveis, independentemente do tipo de combustível que utilizam (gasolina ou gasóleo). É também interessante notar que os motociclos até 250 cc emitem uma média de 62 gramas de CO2 por km e que cerca de 62% dos veículos de duas rodas na UE pertencem a este segmento.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments