Honda desenvolve o seu próprio sistema de radar para motos

By on 24 Setembro, 2021

O fabricante japonês está a desenvolver o seu próprio sistema de câmara e radar para melhorar a segurança das suas motos, muito mais discreto, mais leve e mais barato que os da concorrência.

O sensor de radar é atualmente o sistema mais avançado já aplicado a uma moto. A nova tecnologia permite que a moto acione o Controle de Cruzeiro Adaptativo e a Detecção de Ponto Cego, o que posteriormente aumenta o aspecto de segurança. A Honda, que há algum tempo desenvolve esses sistemas para motos como a Gold Wing e Africa Twin , está agora a  trabalhar numa outra patente, que pode resultar numa ajuda de segurança mais simples (e mais barata) e que pode vir a cobrir uma gama ampla de motos do fabricante.

A icónica Goldwing foi o primeiro modelo da Honda a adoptar um sensor de radar, mas o novo sistema será mais, compacto, leve e com menos custos de produção

A Honda irá desenvolver a sua própria tecnologia de sensor de radar, que será no entanto distinta do sistema desenvolvido pela Bosch que já está disponível na Multistrada V4 S da Ducati, na R 1250 RT da BMW e na 1290 Adventure S da KTM. No entanto, nesses casos, o novo sistema não é facilmente integrado ao estilo da moto, que parece deslocado na parte dianteira e traseira.

E esse detalhe não escapou à Honda, que está a trabalhar para esconder esses sensores atrás do corpo da moto para que passem mais despercebidos. Como mostra a patente, os sensores de imagem são montados dentro dos faróis da moto, bem ao lado dos faróis de LED. Nas imagens, os sensores são rotulados como “17” e “26”, enquanto os LEDs são “15” e “23”.

Ao incorporar pelo menos dois sensores de imagem que fornecem visão estereoscópica, deve ser possível calcular a distância na qual os objetos estão localizados . Além disso, teria também um processador de reconhecimento de bordo (objeto) que cuidaria da tarefa mais pesada, pois seria capaz de identificar o que está à frente, diferenciando entre um pedestre e um veículo , por exemplo.

Embora as câmaras geralmente tenham limitações  que os radares não têm (especialmente devido às condições meteorológicas, como neblina ou orvalho), oferecem contudo outras vantagens . Por exemplo, reconhecer sinais de limite de velocidade, detectar semáforos (e a cor que eles exibem) ou mesmo detectar luzes de travagem nos veículo que seguem à frente.

Além disso, o tipo de sensor de câmera digital que a Honda está a desenvolver é muito mais barato e menor . Muitos smartphones atuais possuem três, quatro ou até cinco câmeras, portanto, colocar dois sensores desse tipo no farol de uma moto não acrescentaria muito peso ou volume à moto.

Veremos no futuro como os sensores desenvolvidos pela Honda vão funcionar em comparação com a tecnologia de radar desenvolvida pela Bosch, mas sabendo que a marca japonesa se orgulha de ser líder em tecnologia para motos, não nos surpreenderá que pretenda ser melhor do que a teconologia de sensores de radar já disponíveis.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments