WMC: Primeiros testes para o recorde do mundo em 2022

By on 24 Setembro, 2021

A White Motorcycle Concepts (WMC), a empresa britânica que visa estabelecer uma série de novos recordes mundiais de velocidade terrestres com a sua revolucionária moto elétrica no Salar de Uyuni, na Bolívia, no próximo verão, concluiu com sucesso os primeiros testes com a WMC250EV.

Pilotada pelo fundador da empresa e CEO Rob White, o protótipo de fibra de carbono funcionou sem falhas durante o ‘shakedown’ realizado no Bruntingthorpe Proving Ground. O programa de desenvolvimento passa agora para a próxima fase de testes de várias etapas, incluindo a experimentação a velocidade mais elevadas.

O WMC250EV, que está previsto vir a atingir velocidades de mais de 250 milhas por hora (402.33 km/h) na sua forma final,  apresenta tecnologias inovadoras no mercado, incluindo o sistema de arrasto ultrabaixo V-Air da WMC. Este sistema inovador usa um grande tunel no centro da moto que força o ar através do veículo, reduzindo a resistência aerodinâmica em 70% em comparação com uma moto convencional. As implicações positivas para esta tecnologia em toda a indústria são amplas e abrangentes.

A moto também possui uma unidade de motor D-Drive que aciona a roda dianteira, o que torna possível aproveitar a energia de travagem regenerativa. Na configuração final do motor eléctrico, o WMC250EV contará com um sistema de alta tensão de 800 V, ​​mas para a fase inicial de teste está a ser usando um sistema de baixa tensão (60v) que produz 100 kW. Prevê-se que nas especificações mundiais de velocidade terrestre, a moto seja duas vezes e meia mais potente.

Um elemento-chave da fase inicial de desenvolvimento do WMC, apoiado por várias empresas líderes mundiais no desporto motorizado, foi correlacionar com sucesso os dados de Dinâmica de Fluido Computacional (CFD) do veículo de 300 kg com os resultados de um teste no mundo real. Com este sucessivo desenvolvimento e após as evoluções que o protótipo venha a sofrer, a equipa continuará com o seu programa de testes antes do recorde mundial de velocidade terrestre do próximo ano, que incluirá uma tentativa de recorde em solo britânico no início de 2022.

Se for bem-sucedido na sua tentativa de bater o recorde terrestre, o WMC250EV poderá mudar a maneira como os fabricantes de motos abordam o design de veículos na próxima década por causa das suas emissões de CO2 amplamente reduzidas, e das possibilidades que oferece para acelerar a descarbonização essencial da indústria de motos em todo o mundo.

Na verdade, a empresa sediada em Northampton, está a trabalhar em projetos rodoviários e as suas tecnologias patenteadas já estão a ser incorporadas às variantes rodoviárias. Um anúncio com mais detalhes sobre o assunto será lançado em outubro.

“Estamos muito satisfeitos com o progresso feito até agora com o WMC250EV”, disse Rob White. “Ficamos animados com a ótima recepção que o lançamento da moto recebeu em junho, e o alto nível de interesse que o projeto ganhou posteriormente. Esta é uma moto totalmente feita sob medida, portanto, se conseguirmos que ela funcione a 100% de acordo com os nossos objetivos, será fantástico.

Estamos a seguir uma abordagem comedida e controlada no nosso programa de testes para garantir que nada será feito ao acaso e, com os resultados que obtivemos até agora, a minha confiança está a aumentar e acho que vamos ser bem-sucedidos.”

Os testes do WMC continuarão pelo resto de 2021, com atualizações regulares reveladas nos seus canais sociais, antes de embarcar no primeiro teste de recorde mundial de velocidade terrestre no início do próximo ano.

Quem é Robert White

“Sempre fui obcecado por velocidade”, diz o fundador e CEO da White Motorcycle Concepts, Robert White, um engenheiro e visionário que passou o último quarto de século construindo um impressionante arsenal de experiência no automobilismo de alto nível, da Fórmula 1 aos hipercarros elétricos, das 24 Horas de Le Mans aos Supercars V8 na Austrália.

A paixão de White pelas competições de duas rodas remonta à sua infância, quando correu com bicicletas BMX de acordo com o padrão nacional britânico, antes da sua carreira no automobilismo começar com apenas 15 anos de idade, quando trabalhou na Ray Mallock Ltd durante o campeonato britânico de carros de turismo em 1995 com John Cleland e Vauxhall Cavalier.

Uma passagem pela equipa britânica de Superbikes da Crescent Suzuki, deu a White um gostinho do motociclismo e em 2000

Rob White seguiu depois para o exótico mundo da fabricação de motores de F1 em Ilmor, a fornecedora de Mercedes V10s que moviam a McLaren e o seu bicampeão mundial Mika Häkkinen.

Foram sobretudo dois períodos na sua longa carreira que impulsionaram o seu desejo por inovação técnica e inspiraram a fundação da White Motorcycle Concepts em 2018. O primeiro foi na Prodrive, onde Robert trabalhou por mais de uma década no programa Ferrari 550 Maranello GT, nos V8 Supercars na Austrália e também nos programas da Aston Martin Racing com o protótipo LMP1 com motor V12 e DBR9 vencedor da classe Le Mans. Em seguida, regressou à F1 em 2012 com a Mercedes-AMG HPP, onde fez parte da equipa de pesquisa e desenvolvimento por trás do híbrido V6 que domina as corridas de Grande Prémio desde 2014.

“Na Prodrive, eu fazia parte de um grupo intenso de 50 a 60 pessoas em uma organização dirigida por engenheiros talentosos e tenazes que sabiam como realizar uma tarefa com recursos relativamente pequenos”, diz White. “Era um ambiente incrível.”

Na Mercedes-AMG HPP, White experimentou o desporto motorizado em larga escala, progredindo da equipa de P&D para uma função de suporte da unidade de força da McLaren, onde trabalhou como técnico de motor de Jenson Button em 2014.

“Foi de cair o queixo, sair de um desporto relativamente pequeno para o poder da Mercedes e da McLaren, onde mais de 2.000 pessoas contribuem para o que é uma obra-prima da engenharia”

“Tudo num carro de F1 é otimizado e não há desperdício de espaço. O pacote tecnológico é absolutamente requintado e podemos realmente inspirar-nos no que vêmos. ”

Com o apoio do Dr. Jon Markham de Beck Greener que prestou consultoria sobre patentes, a White Motorcycle Concept beneficiou da contribuição de engenheiros líderes mundiais que trabalham na indústria do desporto motorizado do Reino Unido, e de uma concessão da iniciativa governamental da Niche Vehicle Network para desenvolver uma tecnologia que oferece aplicações para o mundo real significativas, que vão muito além das tentativas de recorde de velocidade.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments