QJ Racer 350: O primeiro passo para uma supersport?

By on 24 Fevereiro, 2021

Ainda não é sabido se a Qianjiang vai colocar o emblema da Benelli na Racer 350, uma nova desportiva que já está em fase de testes na China, mas é claro e possivel, que um dia venha a dar entrada no Velho Continente.

Desde 2005, a Benelli faz parte do grupo chinês Qianjian (QJ) e tem adoptado muita da sua gama de modelos. Por exemplo, componentes como o motor, o quadro e a forquilha da QJ Racer 350 lembram muito a Benelli BN 302. Vejamos. O motor é um dois cilindros com refrigeração líquida e sistema de distribuição com quatro válvulas, tem uma cilindrada de 300cc e desenvolve 38 cv às 11.000 rotações, enviando quase 26 Nm de binário à roda traseira. A transmissão conta com uma caixa de seis velocidades.

No entanto, é no que diz respeito à ciclística e estrutura de suporte do motor, que a relação técnica da QJ Racer 350 com a Benelli BN 302 mais se aprofunda. Apesar do parentesco visual com a Benelli BN 302, é na posição central do mono-amortecedor – mais inclinado na QJ Racer 350 – que as duas motos diferem significativamente. Embora a QJ 350 tenha um braço oscilante do tipo asa de gaivota, igualmente curvo, o sistema de amortecimento parece completamente distinto, além do escape terminar sob o motor como acontece nas motos mais recentes.

À frente, há componentes muito semelhantes como o garfo invertido de cor prata e as pinças de travão axiais que fazem atuar o ABS que atua sobre o duplo disco dianteiro. Em termos de design a QJ Racer 350 segue a tendencia dos modelos supersport mais atuais… bebendo inspiração em motos atuais como a Supersport Ducati de 2021.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments