Royal Enfield ‘GT 650 Production Racer’: Uma homenagem ao TT de Man

By on 8 Abril, 2022

A GT 650 Production Racer é uma moto desportiva única, construída à medida, com base na Royal Enfield Continental GT650. Foi concebida pela Royale Motorcycles de Hamilton, na distante Nova Zelândia.

Este exemplar único foi o vencedor da segunda edição do desafio ‘Busted Knuckles Build Off’, um concurso especial de construção de motos personalizadas organizado pela Royal Enfield Australia & New Zealand, especificamente para os seus concessionários.

De acordo com a Royale Motorcycles, a inspiração para a No. 55 GT 650 Production Racer proveio da série de corridas de produção da Royal Enfield ‘GT Cup’ na Índia. Embora o desenho final possa parecer o mais distante possível da GT da Royal Enfield, na realidade não está.

Basta lembrar que os pilotos das cafe racer originais que inspiraram os GT’s da Royal Enfield foram eles próprios homenageados nas corridas do TT da Ilha de Man dos anos 50 e 60. Na verdade, estas eram as motos desportivas da época. “O importante era fazer algo muito diferente. Ficámos um pouco loucos. Principalmente porque não queríamos construir outra cafe racer, piloto de café, bobber, ou tracker”, disse Dylan, da Royale Motorcycles após saber da sua vitória no concurso de personalização.

Na construção desta moto foram gastas cerca de 350 horas. “Conseguimos muitas peças de um exército de outras motos e fabricantes, para garantir que aquilo com que terminámos era uma desportiva séria e não apenas uma réplica”, acrescentou ainda Dylan.

A No. 55 GT 650 Production Racer apresenta um braço oscilante de alumínio tirado de uma Honda, a parte dianteira completa foi extraída de uma Triumph Daytona, sendo adicionadas rodas de 17 polegadas com pneus Pirelli Diablo SuperCorsa, bem como um sistema de escape por medida que apresenta uma ponteira HP Corse.

Quanto à ciclística, a Royale Motorcycles optou por não reproduzir simplesmente um kit ‘GT Cup’ ou adaptar um desenho de carenagem completo a partir de outra máquina. Em vez disso, criaram uma carroçaria completamente à medida, totalmente funcional em termos de aerodinâmica.

Claramente, a única coisa que ficou intocada da Continental GT650 foi o depósito de combustível, que foi pintado num esquema espantoso de duas cores. As riscas laranja e os vários decalques de logótipos, completam o visual moderno da moto.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments