Harley-Davidson Screaming Eagle 131 – Novo propulsor para a gama Touring

By on 23 Janeiro, 2020

Trata-se de um propulsor inicialmente projectado para o segmento Touring e tem, como o nome indica, 131 polegadas cúbicas, ou seja, 2147 cc. Estamos diante do maior e mais poderoso motor de série fabricado pela Harley-Davidson. O motor Screaming Eagle 131 poderá vir a ser o substituto dos actuais propulsores que montam as Touring desde 2017, com os motores Milwaukee-Eight, sendo capaz de se adaptar tanto aos motores refrigerados a ar como aos mistos.

O Screaming Eagle 131 mantém o curso de 11,43 cm do Milwaukee 114, mas o diâmetro cresce para 11 cm em cada cilindro. Possui 8 válvulas com cabeçotes de cilindro mecanizados e válvulas maiores em 1 mm para melhorar o fluxo e a velocidade do ar e combustível, além de uma câmara de combustão optimizada.

O motor é completado com uma árvore de cames elevada, pistões forjados, um corpo de acelerador de 64 mm com colector de admissão e injetores de alto fluxo. Todo este desenvolvimento resulta em num motor que declara 177,61 Nm de binário máximo e 121 hp de potência à roda com escapes Street Cannon.

Como podemos concluir, a Harley-Davidson apesar de estar a apostar em motos elétricas e novas formas de mobilidade (Livewire e outros projetos), com o novo motor Screaming Eagle 131 renova a confiança que continuam a manter nas tradicionais motos V-Twin, ex-libris da marca norte-americana.

fonte: Motorbike Mag

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!