Malaguti Drakon 250 a ser preparada para a Europa?

By on 1 Junho, 2022

Documentos de homologação da Zongshen em solo chinês, revelam que uma Malaguti Drakon 250 está a ser finalizada, para se juntar à Drakon 125 já existente. Quanto ao seu destino, o caminho para a Europa parece o mais provável.

Integrada no grupo KSR há quase quatro anos, a Malaguti restabeleceu-se no mercado confiando em motos de produção chinesa já existentes, ajustadas para o Velho Continente e com o logotipo da marca transalpina. No final de 2019, a marca anunciou o início da construção de uma moto inteiramente feita por ela própria, nomeadamente ao nível do design, com a Drakon 125.

Anunciada como protótipo há cerca de dois anos e meio, a moto esteve muito atrasada até que a Malaguti apresentou oficialmente a versão de produção, munida de um monocilíndrico Euro5 de 13,5 cv, em novembro passado. Anunciada por um valor de 4000 euros, este modelo está programado chegar à Europa durante o segundo semestre.  Porém, não será a única Drakon. Porque se Malaguti tem apenas motos de 125cc na sua gama, uma Drakon 250 está mesmo em preparação.

Como em muitas outras ocasiões, documentos do pedido de homologação registados na China revelam isso mesmo. A Zongshen, parceiro asiático da KSR para a produção da Malaguti, de fato apresentou um pedido de uma 250. Quanto ao motor, uma vez que o fabricante chinês também é parceiro do grupo Piaggio, suspeita-se que venha a ser a mesma unidade de produção da Aprilia em solo chinês. Trata-se de um motor monocilíndrico de 249 cc com 27,5 cavalos de potência e 21,5 Nm de binário máximo.

Os documentos revelam ainda que a moto pesa 150 kg, ou seja, apenas 6 kg a mais que a 125 para o dobro da potência e as mesmas dimensões. As jantes de 17 polegadas são calçadas com pneus mais largos de 110/70 na frente e 140/70 na traseira.

Por outro lado, também não há dúvidas quanto à chegada à Europa deste modelo desenvolvido na China, visto que a Malaguti é uma marca distribuída apenas no Velho Continente.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments