Yamaha XT500 Surf Scrambler da Project Moto Ohio

By on 23 Agosto, 2017

A Yamaha XT500 é uma das motas que nos anos 70 transformou o mercado do todo o terreno para sempre. Apresentada em 1975 iniciou toda uma época até hoje de motos a 4 tempos, resistentes, com motores de 1 cilindro e capazes de transpor qualquer obstáculo, seja numa utilização urbana seja em todo o terreno.

A XT500 da Yamaha chegou a ganhar o Paris Dakar e  40 anos depois continua mais actual que sempre. Adriano Oliveira da Project Moto, com sede em Ohio, comprova essa realidade com o sua ideia de combinar várias das suas paixões, motos, skates, surf , traduzidas num só objecto de duas rodas : A Yamaha XT 500 Surf Scrambler.

Adriano ganhou entretanto o troféu de “Test of Time Award” no evento One Moto Show nos Estados Unidos.  Na preparação da sua Surf Scrambler XT incorporou materiais aeronáuticos, fruto da sua experiência na indústria da aviação. Tubos de combustível para helicópteros são utilizados na estrutura de suporte da prancha de surf e os guarda lamas e os painéis laterais foram produzidos a partir de alumínio aeronáutico.

Adriano Oliveira começou a transformar motos quando no ano de 2002 comprou a sua primeira moto, uma Virago 250. Em 2010 decidiu fazer um curso de mecânica de motos para poder trabalhar nas Harley Davidson. Começou então a preparar e a restaurar motos tendo sido o seu primeiro trabalho de restauro uma CB400 de 1976. Em 2016 recebeu o Prémio Test of Time Award pelo restauro de uma Indian Four de 1938, tendo restaurado algumas outras Indian depois disso. Entretanto o seu último trabalho e fê-lo para si, foi esta magnífica XT 500 de 1979.

Embora as preparações e restauros de motos sejam apenas um hobby, pois Adriano continua a trabalhar na indústria aeronáutica, é um hobby levado muito a sério se considerarmos  em sua casa tem uma oficina completissima.

Adriano na preparação que realizou  da Yamaha XT500 fabricou 3 suportes distintos para utilizar separadamente conforme aquilo que entenda num momento dado transportar. Um para a prancha de surf, outro para o skate e outro para colocar as malas laterais. Até utilizou uma roda de skate para manter a corrente tensa. No painel direito está montado um abre garrafas pois diz Adriano que não nada melhor que uma cerveja fresca depois de uma boa surfada.

A XT500 tem ainda um banco especialmente produzido e forrado a pele. As peseiras foram também fabricadas na oficina de Adriano e forradas no mesmo material. Os reforços de proteção do depósito ao nível dos joelhos foram recortados a partir de painéis de tração das pranchas de surf.

Fontes: Bikebound e Project Moto     Fotografias: Enginethusiast

Galeria

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!