Dinamarca: Inspeções na estrada em vez de Inspeções Obrigatórias

By on 19 Julho, 2021

O ministro dinamarquês dos transportes, sugere que as inspeções de motos na estrada devem substituir os requisitos da União Europeia para as Inspeções Periódicas Obrigatórias (IPO’s). É o que diz o projeto-lei que o Ministério dos Transportes dinamarquês enviou recentemente para consulta.

Fonte: FEMA

Em setembro de 2020, o MCTC (Associação Dinamarquesa de Motociclistas que é membro da FEMA) perguntou ao ministro dos transportes, Benny Engelbrecht, o que ele faria para evitar as inspeções periódicas de motos na Dinamarca – uma exigência que a diretiva da União Europeia sobre testes periódicos de inspeção técnica impõe a todos os estados membros.

Na ocasião, o ministro Engelbrecht deu a seguinte resposta ao MCTC: “O meu foco como ministro é em grande parte na segurança no trânsito, inclusive em relação às motos. Por conseguinte – a fim de fornecer uma base para tomar uma posição sobre a questão nos termos da diretiva relativa às inspeções técnicas periódicas até 2022 – solicitei à Autoridade de Transportes dinamarquesa uma avaliação dos efeitos das motos na segurança rodoviária.“

Agora, parece clara a avaliação da Autoridade de Transporte dinamarquesa, porque num projeto de lei que altera a Lei da Visão, o ministro dos transportes introduzirá as chamadas ‘inspeções de motos na estrada’ em vez de inspeções periódicas. 

“Avalia-se que o controle de motos na estrada, em combinação com as inspeções já realizadas das motos, atende aos requisitos da diretriz de estabelecer alternativas aos requisitos de inspeção periódica sem comprometer a segurança viária”, refere o projeto.

Lene Michelsen, presidente do MCTC: 

“O MCTC apoia a proposta, que em vez de testar todas as motos, concentra-se apenas nas motos que apresentam problemas. Com a proposta, podemos evitar a fiscalização periódica das motos, que também não há evidências de aumento da segurança viária. Apoiamos a proposta.”

Dolf Willigers, secretário-geral da FEMA:

“A discussão sobre a inspeção técnica periódica de motos é muito antiga, na qual várias partes argumentam que isso beneficiaria a segurança no trânsito. No entanto, não há evidências de que o estado técnico das motos desempenhe um papel significativo nos acidentes.

Os relatórios disponíveis sobre acidentes com motos apontam todos na direção oposta: o estado técnico das motos desempenha apenas um papel marginal nos acidentes. O ensino dos condutores, aspectos comportamentais, infraestrutura e aplicação das regras de trânsito existentes, desempenham um papel muito maior na segurança no trânsito do que as inspeções técnicas periódicas jamais farão. ”

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments