EICMA 2022: O maravilhoso mundo da competição

By on 11 Novembro, 2022

Três das marcas mais interventivas no mundo do desporto motorizado de duas rodas, a Ducati, Honda e Yamaha, estiveram presentes com um espaço dedicado à competição.

Os visitantes do Salão de Milão, tiveram assim uma oportunidade única de estar ao lado das máquinas dos melhores pilotos do mundo, e até de tirar selfies junto às mesmas.

DUCATI

Apenas alguns dias após as incríveis emoções vividas em Valência e da força do triplo título mundial ganho em MotoGP (título de Pilotos, Construtores e de Equipas), a Ducati apresentou-se como Campeã do Mundo com todos os seus novos produtos para 2023 na abertura da 79ª edição da EICMA. A Desmosedici GP22 de MotoGP, juntamente com a superbike Panigale V4 R de Álvaro Bautista e a MotoE “V21L” foram as estrelas presentes na área de competição da marca de Borgo Panigale.

Durante o certame, houve várias oportunidades de conhecer os pilotos Ducati. Primeiro o recém-coroado Campeão do Mundo de MotoGP, Francesco “Pecco” Bagnaia, esteve no stand na quinta-feira durante a manhã, para da parte da tarde ser a vez de Enea Bastianini estar no stand às 14h00.

HONDA

Durante a EICMA 2022, o HRC (Honda Racing Corporation) presenteou os visitantes do stand da Honda, que postaram uma selfie com as motos oficiais nos seus perfis. Participar era simples, bastavam dirigirem-se ao stand da Honda onde, além de todas as novidades de 2023, estão expostas as motos oficiais da Honda Racing Corporation, escolher a sua moto oficial HRC favorita e tirar uma selfie sozinho ou com os amigos. 

As motos dos campeões mundiais de todos os campeonatos da FIM em que a Honda participa estão expostas no espaço da Honda. As motos de Marc Marquez e Alex Marquez (MotoGP), Tim Gajser (MXGP), Tony Bou (TrialGP), Iker Lecuona (World SBK), Pablo Quintanilla (Rally Dakar) estão presentes para o deleite dos fãs.

YAMAHA

Um espaço invulgarmente generoso tem presente as motos de competição oficiais da Yamaha nas suas diversas vertentes, desde o motocross ao MotoGP.

A YZR-M1 com que Fabio Quartararo conquistou o título de vice-campeão mundial em 2022 foi uma das motos mais apreciadas, assim como a YZF-R1 com a qual o turco Toprak Ragatlioglu se consagrou campeão do mundo de Superbike no ano passado. A par disto, toda a nova gama de motocross e enduro, com especial relevo para as YZ 250/450 e WR450, assim como as motos de Rally.  

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments